Rali ou Fórmula 1?

Lanço o debate para o roto leitor e para a cara amiga.
Sim, tu aí que não dizes nada mas tens opinião sobre tudo: o que é mais difícil? Pilotar num Rali ou na F1?

Durante largos anos, tanto eu como o Zé (vou chamar-lhe assim para não ferir susceptibilidades) discutimos, até ao limiar da agressão física, qual destes dois desportos é o mais difícil para o piloto.
Como é óbvio, é o Rali. Para o Zé, o óbvio é a F1, mas também é por isso que o Zé gosta de Marco Paulo e ainda hoje julga que o escroto é uma leguminosa.



Deixo um artigo que vos poderá ajudar. Aqui.

21 comentários:

  1. A do VW tem Paternidade!

    ResponderEliminar
  2. Quanto a isto dos ralis e da F1, já muito se escreveu.

    Hoje poderá ser como o Kimmi disse, mas já foi ao contrário!

    Não nos podemos esquecer que num rali vai um "megafone" a ditar tudo o que se irá passar, ao passo que ...

    ResponderEliminar
  3. O meu próprio Pai a dar-me facadas?
    Coronel...na F1 andas sempre na mesma volta, no Rali tens um percurso sempre diferente, com neve, gelo, água, pó, asfalto, árvores, penhascos, etc..

    Se quiseres pedir desculpa, estás à vontade.

    ResponderEliminar
  4. Na F1 actualmente o carro faz o piloto no entanto se tiverem os dois o mesmo carro aí estamos a falar de diferenças de milesimos de segundo tem que sair tudo perfeito... no Rally perdes aqui compensas ali...

    ResponderEliminar
  5. Vou ter que dedicar um post aos Anónimos...

    De qualquer forma cheira-me a Zé. É verdade que é mais fácil compensar erros no Rali, no entanto tens que te desviar de obstáculos...e se tens uma qualquer falha na estrada, terminas (quase) sempre a prova e pões em risco a vida. Na F1 não. É tudo controlado, existe uma trajectória sempre certa, sempre a mesma, é um ciclo sempre igual.

    Ainda bem que estamos todos de acordo...

    ResponderEliminar
  6. Eu aposto no rali...na F1 é um ambiente muito mais controlado...até eu ganhava umas voltas hihi...no rali tenho a perfeita noção que me espetava na primeira curva contra a primeira árvore.

    ResponderEliminar
  7. Anonimo = Ze -> Eu gosto mil vezes mais de ver Rally. Na formula 1 nao ha obstaculos??? nao ha é obstaculos fixos :P tens que ultrapassar carros e veres se estes nao te ultrapassam e mesmo assim fazer a volta perfeita para n perderes milesimos de segundos...

    ResponderEliminar
  8. As coisas não são todas a P/B. Há dificuldades diferentes nos dois, é tudo uma questão de hábito, mas tenho a certeza que é mais dificil ser um grande piloto ou até chegar à F1 do que ao rali... End of discussion :) Toma la que almoçaste

    ResponderEliminar
  9. FDX, claro que no Rally é muito mais dificil.
    A merda da F1 agora é tudo por computador, o gajo só não pode ser azelha para interpretar o que o computador diz...

    ResponderEliminar
  10. João Morgado, podes vir levantar o prémio. Em cheio.

    ResponderEliminar
  11. Olá!

    Fartei-me de rir quando vi este post. Lembro-me das trocas de ideias (discussões/ agressões verbais) que se geram em volta deste assunto. Proponho um próximo post - Crisitano Ronaldo ou Messi. Beijinhos e vou seguindo o teu blog :)

    ResponderEliminar
  12. Martinha...tu sabe-La toda.
    Esse post está na gaveta a pedir para sair. Ainda bem que o trouxeste à baila. Beijo!

    ResponderEliminar
  13. O computador ultrapassa o adversario a 300km/h? E a preparacao fisica para um F1? têm nocao das forças G que um tipo no F1 esta sujeito? O computador da lhes suminhos e cafes e faz caipirinhas, saiem do F1 parece que tiveram na praia a descansar. Vejam este artigo:

    http://www.guardian.co.uk/science/2005/mar/03/thisweekssciencequestions4

    F1 drivers typically experience sideways forces of 4g, and about 5g on braking. As they accelerate out of the corners, they'll feel a 1.5-2g pull. "It's extremely exhausting,"

    For most F1 drivers, g-forces rarely cause physical damage, but in 1992, Don Garlits, a drag racer, was not so lucky. After covering a quarter of a mile in a few seconds, he hit the brakes and released a parachute to slow down. The g-force was so intense, his retinas detached, forcing a period of bed rest while they settled back into position and ending his involvement in the sport.

    ResponderEliminar
  14. Eu voto no Rali e no Cristiano Ronaldo.

    ResponderEliminar
  15. Zé,

    As forças G's estão presentes, de forma mais acentuada na F1. Mas isso
    é preparação física, não é perícia.

    Leonardo,

    Em breve sai o post do Azeiteiro...

    ResponderEliminar
  16. Ó Zé, tu também estás sujeito a 10G no rabo e não te queixas...

    ResponderEliminar
  17. Para se ver o risco que é conduzir "tudo certinho" numa pista, favor ver curta metragem rodada recentemente nos USA.

    http://www.youtube.com/watch?v=5hNZmxHcCq0&feature=player_embedded

    ou então

    http://www.youtube.com/watch?v=ayqqsnYxmg0

    Aproveito para juntar

    http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/2011/noticias/0,,OI5438564-EI17068,00-Para+Jackie+Stewart+pilotos+da+Formula+se+arriscam+demais.html

    ResponderEliminar
  18. Anónimo,

    Acidentes acontecem em todo o lado.
    Isso não invalida que na F1 sigam todos a trajectória ideal, só necessitando de alterá-la nas ultrapassagens (mas acho que ultrapassagens nas boxes não contam...).
    Continuam a ser 60 voltas sempre iguais. E sempre com o computador a fazer metade do trabalho.

    Noutros tempos...

    ResponderEliminar
  19. Rali, sem dúvida! Se tiveres paciência espreita videos no youtube do SATA Rallye Açores =)

    ResponderEliminar
  20. @RS, sem dúvida! Já vi alguns. Açores olé! :)

    ResponderEliminar