14/01/2011 - Lisboa - Madrid (Diário na Ásia - #1)

Depois duma directa, encontrámo-nos no aeroporto de Lisboa. O dia tinha chegado.
Às 7:30 disse aos pais e mana que os amo, e seguimos, eu e Jota, para Madrid, em escala para Banguecoque. 55 minutos, quase tantos como o tempo que demorámos desde a aterragem até chegarmos ao check-in madrileno. O aeroporto de Barajas é, sem dúvida, maior que a Feira Popular.

Na fila do check-in estava um maduro com lábios de botox, agarrado ao telemóvel, a ver fotografias duma loira "way above his league". Deve ter dinheiro. Ou então ela é parva. Na fila ao nosso lado estava uma tailandesa a quem já devem ter pensado utilizar o saca-rolhas.

O  gigante Boeing 777, o nosso Air Force One

Estamos a voar com a Thai há já quase 9 horas. Mas estou tranquilo, não parecem mais de 8. Aliás, dentro 1 ou 2 horas devemos chegar ao destino.
Mas onde é que anda a segunda refeição?! A primeira não foi nada má.

Turbulência no Air Force One.

À direita tenho uma espanhola que fuma aqui ao meu lado. É vapor de água, porque diz que não aguenta tantas horas sem fumar. À esquerda o cabrão do gordo que parece o Clark Kent inchado, dorme desde que cá entrámos.
Chegaremos às 5h locais, o início dum novo dia. De agora em diante, sigo na hora destes chineses.
Se não escrever mais, é porque afinal não chegámos.

PS: afinal a viagem começou dia 15. Podem ser efeitos do Malarone.


Nota da Gerência: o Malarone é utilizado na profilaxia da Malária. Como possíveis efeitos secundários, registam-se cansaço, diarreia, dores de cabeça, tonturas, febre and so on...é o diabo-a-sete. É, basicamente, para a loucura.

7 comentários:

  1. muito menito! quando é o próximo?

    ResponderEliminar
  2. No dia 11/11/11 é a minha estreia no ciber-espaço e a tua como escritor, não tenho a menor dúvida! Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Fico a aguardar as próximas páginas do diário...let the journey begins!

    ResponderEliminar
  4. Então e a espanhola?

    Ficaste-te apenas pelo vapor?

    ResponderEliminar
  5. O vapor, parecendo que não, incomoda.

    ResponderEliminar
  6. O aeroporto Barajas tem mais semelhanças com um labirinto, a contar pelas vezes que me perdi por lá :)

    ResponderEliminar