Velocidade Furiosa

Quantos de vocês não andaram já a 190 km/hora? 

Certo, este blogue não devia ser para estas coisas, mas como é meu e ninguém se manifesta, ponho aqui o que eu quiser. Portanto faço agora um pouco de serviço público.

O programa britânico "Fifth Gear", quase tão aclamado quanto esta chafarica, realizou um teste com um Ford Focus. Esse teste consistiu em percebermos o que sucede a um automóvel que, a cerca de 190 km/h, embate num muro.
Vocês dizem: ah, mas se eu for a essa velocidade, não vou contra um muro, vou contra outro carro qualquer. E eu digo: mas és um granda anormal na mesma. Como eu, aliás, que já conduzi depressa.
Sim, é verdade, a vida é sempre um risco. Pode até dar-me uma coisa enquanto escrevo este tex.................................

OK, não sucedeu nada, foi só uma comichão no nariz. Mas a verdade é que se conseguirmos diminuir o risco, melhor.

Sem mais delongas, deixo-vos o vídeo. É curto, e mal começa, vêem o impacto. 


Conduzam com cuidado. Preciso de vocês para me darem visualizações aqui no tasco.

8 comentários:

  1. Olá, como tem passado?
    Pessoalmente detesto velocidades furiosas com carros, ou quaisquer outras.
    Porquê a necessidade de carregar no prego, se com suavidade se desfruta em beleza da viagem.
    Não! Decididamente não sou uma gaja vocacionada para as velocidades.
    O meu carro é um BMW que o marido me comprou ao gosto dele e eu nem fui ver. Só lhe disse a cor e que queria conforto. Ele chegou com ele, vermelho maravilhoso, estofado em pele e depois perdeu-se em pormenores de cavalos, potência, que aquilo ia dos 0 aos 100 num piscar de olhos, e blá blá blá mas eu não ouvi nada porque estava lá dentro a ajustar-me aos assentos e a descosbrir comodidades. já o tenho quase há um ano e ainda nem sei que modelo é. Acho que nunca cheguei aos 100 com ele. Ele chama-me empata condutores mas quero eu lá saber.
    No carro dele, não sei. Tem um Volvo e diz-me que anda devagar, mas eu tenho sérias desconfianças porque quando viajamos juntos, mal me descuido vejo aquilo nos 180 ou mais. Dou um grito e ele diz que se descuidou e nem sabe como aquilo aconteceu.
    Agora velocidade, velocidade mesmo só gosto de uma. O meu, nosso, Benfica a jogar e a mandar petardos para cima do guarda-redes do MU a 190 à hora, ou mais se possível.
    E vamos ganhar. Benfica, Olé olé!

    ResponderEliminar
  2. Olá Matilde, sirva-se, tem tremoços no frigorífico. É o marisco que tenho disponível.

    Mantenha-se no seu BMW, devagar, como devia sempre ser.

    Pena ontem o Benfica não ter conseguido a vitória.
    Não foi nada mau, mas sem David Luiz, não vale a pena Jorge Jesus continuar a fazer adaptações à lateral esquerda...

    ResponderEliminar
  3. Conduziste depressa?

    Só se foi no Campeonato da Tamya!

    E à esc: 1/10 !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  4. Ahaha, muito bom!
    No Campeonato dos telecomandados, era o Cristiano REInaldo. E tu aquele mecânico que obrigava um gajo a pilotar com o acelerador no travão e vice-versa...

    ResponderEliminar
  5. Era para te habituares às agruras do trânsito, que é como quem diz, da vida...

    ResponderEliminar
  6. Epá, a partir de agora é sempre a fundo, a 40km/h.

    ResponderEliminar
  7. Here Comes The Rain,

    Cuidado, senão apanhas uma coima por andares devagar demais :)

    ResponderEliminar
  8. a parte em que ele diz "parece um pedaço de arte moderna" hum, ok.

    "Conduzam com cuidado. Preciso de vocês para me darem visualizações aqui no tasco." :))))

    (ia a gozar com a cena do golfinho, mas vi que já tinham feito isso antes. e achei melhor só comentar agora)

    ResponderEliminar