Sushi, ou as baleias assassinadas

Quem é que não gosta de Sushi? Alguém? Não? Eu levanto o braço. Não gosto.
Não, a sério, deixem-me sossegado com isso. Quem é que teve a ideia de falar sobre isto?...

Eu passo a explicar. Quem gosta de Sushi (e aqui vou perder seguidores) é malta que ainda não viu o que se faz em muito local do mundo, com a matança de baleias e outros que tais. 



Agora que já apelei ao coração e vos mostrei estes estranhos atuns, posso adiantar a verdadeira razão deste artigo:

É moda gostar-se de Sushi! Só pode ser! Que outra razão pode ser viável para alguém gostar de comer algas viscosas com cenas lá dentro, sendo que por "cenas", estamos a falar também de legumes.
Não percebem que comer coisas tão saudáveis pode dar cabo da saúde dum tipo?!


83% de vós que dizem gostar, detestam, mas comem porque agora é chique e querem fazer companhia à namorada ou mulher ou o camano. Está nos livros. Já fizeram estudos sobre isto, eu estive envolvido, sei do que falo.
Mas agora eu pergunto: se vocês são 83%, porque é que não arriscam abrir o jogo com o vosso mais-que-tudo (mas menos que eu, claro) e dizer "na verdade não gosto muito, não preferes um bitoque?". E aposto que vão acabar os dois felizes da vida numa qualquer tasca da região.


A sério, isto é serviço público. E ninguém me paga por isto. É a vossa felicidade que está em causa.

Não tem de quê caro leitor.


Nota da Gerência: "ah mas também se matam vacas!". Certo. Matamos para sobreviver (alguns comem do prado e estão fora desta, eu não consigo, mas admiro). Mas há formas e formas. O que acontece com baleias e amigos é uma brutal falta de respeito para com os animais, que são mortos de forma desumana. De qualquer forma só quero ofender leitores que gostem de Sushi, só porque sim e porque não gostei quando experimentei.

45 comentários:

  1. é bom, mas depois de ver estas imagens mete um pouco de impressão.

    Cumprimentos benfiquistas

    ResponderEliminar
  2. Bem, eu não faço parte dos 86%, porque eu simplesmente não gosto de sushi.
    O ano passado fui a um restaurante todo xpto, com a promessa que ia ser mesmo muito bom (neste caso, tive eu que fazer o frete) e nem por isso gostei.

    Bitoque com ovo a cavalo :D

    ResponderEliminar
  3. @Berrante De Encarnado, e há bem pior que isto...

    @Cláudia, encerramos já isto e o bitoque ganha nas preferências dos leitores!

    ResponderEliminar
  4. Já comi mas não fiquei adepto. Da última experiência disseram-me -Sim, sim, come desse molho verde que é muito bom. Ia-me vomitando todo com rábano. Tenho uns amigos fixes.

    Mas se a malta visse o que fazem às galinhas nos aviários, ou às vacas/ovelhas/ nos matadouros...

    Já para não falar na malta que gosta de Foie Gras...se vissem o que fazem aos pobres bichos..virava tudo Vegan.

    ResponderEliminar
  5. Eu além de não gostar de sushi tive uma péssima experiência quando experimentei.
    Fiquei em casa no dia seguinte a expelir não só o sushi como as tripas (parece-me), nesse dia decretei a sanita como minha melhor amiga pelo tempo que me deixou estar agarrada a ela...Jesus!

    Já em relação ás baleias, não tinha conhecimento de que se passava assim, e deus me perdoe, mas: "Assassinos desumanos de merda", sou sensivel em questões de violência animal...

    ResponderEliminar
  6. É o delírio, este blogue não gosta de sushi!! (vá, apareçam os outros, apareçam que a malta faz-vos a folha!!). Sem "smile", que este tasco é muito macho.

    @trollofthenorth, amigos desses é deitar-lhes fogo. Eu já ardi com um por causa dessa brincadeira dos molhos no sushi. Mas nos aviários e tal os animais são mortos à paulada e esventrados vivos e tal? Pergunta inocente.

    @Ca, és a prova viva do que aqui discuto. Bem hajas!

    ResponderEliminar
  7. Vi um documentário brutal da BBC sobre o assunto recentemente.

    Aviários era na China acho eu.

    Mas uma rápida pesquisa por Food Industry - Chiken and Cow Slaughterhouse no youtubiu já deves encontrar.

    ResponderEliminar
  8. @trollofthenorth, já vi uns minutos do que aparece em 1º lugar e é muito mau. Mas isto não é tão mau quanto o que se faz às baleias, golfinhos, etc.. Pelo menos neste aviário não é. Acredito que seja (mais) complicado manter um cativeiro de animais marítimos...

    Mas possa, e o Sushi? Blech!

    ResponderEliminar
  9. A 1ª vez que comi passei-me. Uma verdadeira bosta. Lá havia um tipo de suchi que não era totalmente cru e consegui não sair de casa dos meus amigos e ir directo ao Mac, mas passei fominha que nem um Etiope.

    E a sopa? Só água com algas a boiar, até água do Luso tem mais sabor.

    Já voltei a experimentar e o resultado é o mesmo. Um bitoque, umas alheiras ou um cozido mete qualquer bosta oriental no bolso, pelo menos para o meu estômago.

    ResponderEliminar
  10. Pois é, o pouco que comi de sushi não me convenceu ...
    Imagina que estava num restaurante a comer um rodízio de picanha gaúcha e havia um buffet de saladas ... Fui espreitar, porque às vezes sabe bem entre um pouco de cupim, maminha ou picanha com alho, já não me lembro dos outros nomes menso usuais por cá, cortar com uns vegetais, poucos, que eu sou maioritariamente carnívoro e eis que me deparo com esses rolos de arroz e algas, ou que merda é essa, e visto que nunca tinha comido, ponho no prato ...
    Claro que desde aí espero que alguém me convide para um restaurante desses, porque não é comida pela qual eu vou pagar dinheiro ... Além do mais se voltar a ficar com fome, e sei que pelo menos há sake para o pessoal se encher, vou comer uma carnucha a qualquer lado ...
    PS - também gosto de bom peixe, mas cozinhado à lusitana, não essas mariquices

    ResponderEliminar
  11. UAU!!!
    Serviço público, acrescento mtº. sensível e humano.
    Não aprecio sushi, nem nada animal no estado de crú. Amo todo o tipo de vegetais, mas prefiro que sejam cozinhados e por quem eu confio(esquisita).
    Apesar de não conhecer os métodos e a higiene(de perto), das cozinhas orientais, amo os sabores das suas especiarias.
    Em relação à forma de tratamento dos referidos animais já conhecia e repudio.
    A própisto corre a informação que Portugal vai ser multado pela União Europeia por infringir as regras de transporte dos galináceos.
    Acreditem não é anedota.
    Estúpido é darem prioridade às galinhas poideiras em detrimento da forma como tratam os seres humanos.
    Gostei mtº. do tema abordado e da forma descompreceituosa como o POC o comentou.
    Bravo!!!
    Beij.K;).

    ResponderEliminar
  12. Mas que raio tem a matança das baleias a ver com o sushi?... Que eu saiba nunca comi baleia nem golfinho no sushi. Mas quem gosta de sushi gosta, quem não gosta azareco.
    Mas pronto, confesso que quando comi sushi a primeira vez também não me soube a nada. No entanto, da segunda vez empanturrei-me com sushi. Não sou um snobe, que se arma ao carapau enumerando os nomes dos pratos, nem me ponho a discutir as manhosas técnicas de fazer sushi. Ó pá, gosto de comer pronto.
    Além disso, as imagens desta matança das baleias nada tem a ver com sushi. Desculpem lá, mas sou um bocado frio em relação a isso de "coitadinhos dos animais não se podem matar para não os comermos". Pá azareco, eu gosto de febras e não me importo de matar um porco, eu gosto de pita e para comer não me importo de decapitar uma galinha, eu gosto de sushi e se tiver de matar uns salmões, mato.
    Claro que não vou andar por ai a me divertir a cortar pescoços de galinhas, nem espetar facas nos porcos, ou como neste caso, a matar baleias.
    Em relação à comida e outras coisas. Gostos são gostos e eu admito, gosto de sushi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não soube a nada? isso é impossivele a não ser que se tenha as papilas gustativas desativadas já que o paladar a peixe cru é bem intenso.

      Eliminar
  13. Note-se que sushi é uma entrada e não um prato, por isso encher o bandulho com sushi é o mesmo que te enfardares com queijo e presunto antes do almoço. Lá trocava eu um presuntinho e um queijinho por peixe cru embrulhado em arroz e algas?

    ResponderEliminar
  14. Aqui nestas bandas gosta-se de sushi. E de pseudo-sushi também, daquele dos restaurantes de "coma até morrer por 5.99". Não acho particular piada á brincadeira com as baleias é certo. Mas há qualquer coisa num urso sentado no cimo dum rio a matar salmões á sapatada que me seduz.

    ResponderEliminar
  15. Eu já fiz refeições só com pão, queijo, chouriço (ou presunto) e vinho tinto ... E bem boas que elas foram ...

    ResponderEliminar
  16. Pois eu gosto de sushi. E por estas bandas temos a vantagem de não ser aos preços exorbitantes de Portugal.

    ResponderEliminar
  17. Não posso dizer se gosto ou não porque nunca provei, mas tenho curiosidade em provar, talvés um dia...
    Continuação de uma boa semana:)

    ResponderEliminar
  18. já só te falta um dia e ainda estás a quase 20 votos de não levar com um portão de ferro num sítio onde dói muito ... Mobiliza os teus fiéis, porque as coisas estão negras ... Estão, ainda não estão, mas podem ficar negras ...

    ResponderEliminar
  19. Detesto sushi, mete-me nojo. Para mim é um deal breaker, nem que fosse a Jelena Ristic a insistir.
    E mais te digo: nunca deixei de facturar por causa disso!
    PQP o sushi!

    ResponderEliminar
  20. Rogério Alves "o Fanfarrão"2 de fevereiro de 2012 às 15:39

    Eu gosto de sushi, mas isto das baleias não tem nada a ver com sushi.

    Nunca comi baleia, o sushi habitual, ou sashimi, é de atum e peixes vulgares encontrados numa peixaria qualquer.

    A industria que usa baleias não tem nada com comida japonesa.

    O alerta para a monstruosidade da caça a baleia é de louvar, outra terrível é da foca.
    A intenção foi boa mas o objecto é errado.

    ResponderEliminar
  21. Isto não é caça.É um ritual que aconteçe nas ilhas Faroe na Dinamarca todos os anos.É a passagem dos adolescentes á idade adulta.Os golfinhos vem até á costa interagir e depois os selvagens matam-nas á facada sem dó nem piedade.Ainda dizem que os Paises Nórdicos são civilizados...então não se vê?É País que nunca visitarei na certa.Nojentos!!!E quanto ao Sushi...gosto mais do bitoque...se bem que depois de ver um video sobre a forma como os pobres animais são tratados e mortos...ando a evitar...é o mundo que temos...

    ResponderEliminar
  22. Há sushi que adoro, há sushi que não suporto... cada um com os seus gostos.
    Quanto à produção animal propriamente dita, há de tudo... há boas práticas, há sítios horríveis; há os que não têm um pingo de sensibilidade no que toca aos animais, há os que insensibilizam gradualmente, há os que, mesmo sabendo que é um mal necessário, sofrem um bocadinho todos os dias. Há sempre o bom e o mau, como em tudo...

    ResponderEliminar
  23. Panascas do caralho!!! Ah e tal não gosto de sushi porque fazem mal aos animais?! Se fossem comer na peida morcões do caralho! Para isso não comiam muitas outras coisas, rabetas de merda!!! Chchama tola oh boi da merda!!!

    ResponderEliminar
  24. @Here Comes The Rain, enquanto estive na Ásia, só fui uma vez ao Mac. Lá é um bocado diferente, nem deu vontade de voltar!

    @Bcool973, um tipo tem que parar de inventar, já sabemos que saladinhas e sushis não funcionam, é ficar pelo bitoque!
    Quanto à votação, espero por uma reviravolta, tipo eleições do sporting.

    @Anónima K, qualquer roulote nacional mete a um canto qualquer tipo de restaurante naqueles países ;) E obrigado pelo sempre simpático comentário.

    @Mário, e fazes bem em admitir. À partida as fotos que coloquei não são de animais prontos para sushi. Mas existem coisas parecidas. De qualquer forma, como deixei no meu "PS", animais maltratados existem em todo o lado, infelizmente.

    ResponderEliminar
  25. @Lukin, pois parece que é do atum que mais se faz sushi, o que segundo a minha amiga Ana, é algo problemático porque faz o atum estar ameaçado.

    @Vitto Vendetta, não só conta como demonstra todo o teu lado cultural e elitista.

    @Hugo, quais bandas?

    @conchita, como antes um bitoque ;) E agora, bom fim-de-semana, que a semana está a fechar!

    ResponderEliminar
  26. @Nuno, estou nessa, nem por uma mulher se vai ao sushi! A não ser que exista bifinhos e camarões e tal na chapa...e ela mereça muito.

    @Rogério Alves "o Fanfarrão", sem dúvida, sabia que vocês iam reclamar, e bem. Mas fica a nota mental para o que se passa, com ou sem sushi.

    @Mamã de Salto Alto, exactamente, é isso mesmo. Uma vergonha completa. De qualquer forma, existe muito boa gente a fazer caça à baleia e golfinho com propósito de alimentação. E também nestes preparos.

    @Elsa, é verdade. É um mal necessário, só gostava que os animais fosse bem tratados, na medida do possível.

    @Anónimo, eu não gosto de sushi porque sabe mal. Porque dizem "ah, é normal, mas tens de insistir e à 4ª tentativa vais gostar". Epá...quem faz isso é porque perdeu o paladar entretanto, porque quando não gosto, não insisto. De resto, um grande abraço! Sentia a tua falta!

    ResponderEliminar
  27. Sushi... Gosto! Mesmo.
    Se antes de comer pensasse em todas as crueldades que fazem as animais... Já era vegan, mas como também não há muitos legumes que me agradem...
    Acho que só se me alimentasse do ar!! :(

    ResponderEliminar
  28. @Lilith, bem-vinda. Não podemos ser mais papistas que o Papa. Temos de ter alimento para além dos vegetais. Podíamos era tratar melhor os animais. "Dá cá mais 5", porque aqui deste lado também contam-se pelos dedos (talvez duma mão!) os legumes que se gosta.

    ResponderEliminar
  29. Condenar matança de baleias e outros animais contem comigo! Agora confundir sushi com isso é que não... Se não sabem o que é sushi, sashimi, etc informem-se! Já dizia o outro: andebol - mão, futebol - pé.

    ResponderEliminar
  30. @Anónimo, andebol mão, futebol pé. Tens razão. Como já expliquei antes, foi mais uma forma de apimentar o tema. Sushi, pelo que sei, é basicamente atum. E o atum está a desaparecer por causa disso.

    ResponderEliminar
  31. Eu gosto,mas o que comi foi de salmão e atum. Mas sou uma grande apreciadora de comida crua, principalmente de carpaccio.

    ResponderEliminar
  32. Sobre as baleias, recomendo a leitura disto

    http://bitaites.org/paginas/a-verdade-sobre-esta-matanca/

    e disto

    http://en.wikipedia.org/wiki/Whaling_in_the_Faroe_Islands

    com especial atenção às seguintes passagens:

    "Most part of traditional Faroese food consists of flesh. Because of the rugged, rocky Faroese terrain, grain and vegetables have not been able to grow very well as only about 2% of the 1,393 km2 is arable land and none is set aside for permanent crops. During the winter months the Faroe Islanders´ only option was to mostly eat salted or dried food (this includes meat, pilot whale meat, seabirds, and fish). This means that over the centuries, the pilot whale has been an important source of nutrition for the isolated population on the North Atlantic archipelago.

    The pilot whale meat and blubber is stored, prepared, and eaten in the Faroese households. This also means that whale meat is not available at supermarkets. Although the Faroe Islands' main export is fish, this does not include pilot whale meat or blubber. An annual catch of 956 pilot whales(1990–1999) is roughly equivalent to 500 tonnes of meat and blubber, some 30% of all meat produced locally in the Faroe Islands."

    ou ainda esta

    "Since harpoons, spears, and firearms are prohibited, the whalers must be on the shoreline of the water and kill each individual whale.

    Ólavur Sjúrðaberg, the chairman of the Faroese Pilot Whaler’s Association, describes the pilot whale hunt in such a way: "I'm sure that no one who kills his own animals for food is unmoved by what he does. You want it done as quickly and with as little suffering as possible for the animal."

    Ou seja, para eles a carne de baleia é, de facto, tão ou mais - tendo conta que nao tem vegetais la nas ilhas inóspitas vou mesmo arriscar e dizer que é mais - necessária para a sua sobrevivencia do que para nós a de vaca.
    E apesar de chocante, provavelmente a morte dos animais será menos lenta e agonizante que uma matança do porco.

    ResponderEliminar
  33. @Luna, obrigado pelo esclarecimento. Como disse anteriormente, o meu objectivo passou mais por "malhar" no sushi do que outra coisa. Está explicado (em parte), porquê desta matança. Não sei é se os animais não poderiam ter uma "melhor" morte.

    950 baleias alimentam as Ilhas Faroé durante quantos dias? 47 mil habitantes a receberem esta carne em parcelas iguais...não deverá dar assim para tanto tempo.
    E aí questiono-me se faz alguma diferença esta matança.

    Mas fica o teu muito interessante esclarecimento.

    ResponderEliminar
  34. Se querem carne porque não importarem carne de vaca congelada, se querem peixe há muito salmão e bacalhau no mar para alimentar 47.000 feroés

    ResponderEliminar
  35. Como diz ali em cima:

    "An annual catch of 956 pilot whales(1990–1999) is roughly equivalent to 500 tonnes of meat and blubber, some 30% of all meat produced locally in the Faroe Islands."

    Parece-me que 30% é uma parcela bastante importante do que é localmente produzido, não?

    E 500 toneladas a dividir por 50 000 habitantes dá cerca de 10 kg por pessoa. Se pensarmos que por refeição é normal comer entre 100 e 200 gramas de carne, dará para algo entre 50 e 100 refeições, o que não me parece niglegenciável. E se pensarmos em uma refeição por dia de carne, se der para 100 dias, é quase um terço do ano.

    Claro que as baleias poderiam ter melhor sorte, tal como as vacas, os porcos, as galinhas, os coelhos, os peixes, e todos os anuiimais que todos os dias matamos para comer, mas longe da vista.

    ResponderEliminar
  36. Não percebi, eles fazem criação de baleias ? Será que têm baleias de aquacultura ? Não me parece, portanto não se compara à pecuária.

    POC este novo método de verificação de identidade é uma merd@

    ResponderEliminar
  37. @Luna, tens toda a razão, parece ser uma quantidade muito interessante. Trouxeste-nos a luz!
    Sei que todos os animais são mortos. Mas existem mortes e mortes. Parece-me que existem matadouros onde, apesar da dor que sentimos ao ver o que sucede, a morte é praticamente indolor. Se é que isto existe.

    @Bcool973, parece-me que a questão tem a ver com preços. Quando têm ali carne, podem poupar dinheiro. Enfim, é um caso complicado. Também outros Países estarão nas mesmas condições e se calhar não o fazem. Ou desta maneira.
    Ou então sou um anjinho, porque o pescado também morre asfixiado. E isso...é mau.

    Em relação ao método de verificação, estás a falar do quê? A postares comentários? Não alterei nada.

    Estou em dívida para contigo (mail).

    ResponderEliminar
  38. POC: se nao me engano nos matadouros os animais são muitas vezes electrocutados, o que possivelmente não será do mais fofinho que há. Por outro lado, uma boa parte da população mundial é muçulmana, e só come carne halal, isto é, morta segundo as regras islamicas, que determinam que os animais devem ser mortos através de corte da jugular. Ser degolado nao será provavelmente muito diferente do que acontece com estas baleias, que segundo o senhor citado lá em cima, sao mortas da forma mais rápida possível para evitar maior sofrimento, e é por isso que nao sao usados arpões, e os homens estão na água banhados em sangue em vez de confortávelmente dentro de um barco a picá-las até as matarem.

    Bcool973: todas essas perguntas sao respondidas nos dois textos que indiquei, além de estarem tambem respondidas nas curtas citações, se for muitp trabalhoso ir ler os originais.
    Mesmo assim posso ajudar a responder à questao

    "Se querem carne porque não importarem carne de vaca congelada, se querem peixe há muito salmão e bacalhau no mar para alimentar 47.000 feroés "

    Bem, e pagam como? Com a sua economia super competitiva, riqueza em recursos naturais e imensas possibilidades de exportações?

    "Because of the rugged, rocky Faroese terrain, grain and vegetables have not been able to grow very well as only about 2% of the 1,393 km2 is arable land and none is set aside for permanent crops. "

    Bem temos visto que não se pode ficar a dever dinheiro ao mundo inteiro sem consequencias...

    E quanto às pescas, o mar do norte, especialmente tão norte, não é propriamente tão rico como como o nosso.

    E de facto, nao é parecido com pecuária. É muito mais fixe criar animais só para serem mortos, mante-los confinados a estábulos e aviários sem espaço para se mexer, sem qualquer contacto com a natureza, do que deixá-los viver no seu habitat e organizar uma caçada anual.

    ResponderEliminar
  39. @Luna, sou pouco entendido na matéria, claramente menos que tu.
    Vi um pequeno documentário dum matadouro onde as vacas eram mortas instantaneamente. Talvez electrocutados. Mas aquilo era um segundo, ou menos! Parece-me menos violento, não ficam propriamente a esvair-se em sangue numa morte agonizante.

    Os animais terão sempre de morrer. Só gostava que morressem duma forma digna. Ou mais digna.
    E estas baleias não serão, provavelmente, o pior exemplo.

    ResponderEliminar
  40. Só agora conheci este blog.
    Olha eu também não gosto de sushi. Nem que matem as baleias desta forma.

    :(

    ResponderEliminar
  41. Que violência, jesus!!! E é uma má desculpa para não gostar de sushi... :)

    ResponderEliminar