Publicidade? Shiuu, estamos a ser vigiados!

Comportem-se por favor. Anónimo, pede licença e sai, neste momento não podemos pactuar com o vernáculo com que me enches os comentários (em que passo o lápis azul). 

Não quero nada disto aqui nos próximos dias!
A verdade é que fui contactado por duas empresas que querem, imaginem, colocar publicidade no tasco.
Não querendo por em causa os responsáveis das mesmas, só me apraz pensar que são loucos. Qual é a empresa que quer ser associada a um antro destes?

Onde é que ponho os cartazes publicitários? Ao lado dos posters das mulheres que apareciam nas páginas centrais do Correio da Manhã? É que isto não é propriamente um local onde tenhamos um Calendário Pirelli ou assim...
E querem o quê? Que passe a servir champanhe em vez de minis? Caviar em vez de tremoços?

Vou responder-lhes cordialmente. Não vou insultar o seu discernimento pela escolha do Simão, Escuta. Vou só alertá-los para o facto de vocês serem meia dúzia de leitores (nem eu próprio leio esta chafarica) e em quantidade, não serem propriamente o melhor público-alvo. Porque de qualidade vocês são...não, precipitei-me...também não são...

Mas se me oferecerem dinheiro suficiente para cobrir os custos com o pessoal (electricista, cozinheiro, barman, empregado de mesa, empregado de limpeza, gerente, senhor das cautelas e a Sabrina, a nossa acrobata russa que fica na mesa 24, aquela mesa escondida atrás do lençol alfazema), posso pensar na coisa.

Volto a pedir-vos compreensão durante esta semana. Estaremos a ser monitorizados por estas empresas e não quero dar ainda pior aspecto, OK? Comportem-se...


12 comentários:

  1. Tu é que sabes miúdo,a chafarica é tua....

    ResponderEliminar
  2. Só nos próximos dias ou durante mais tempo? Não estão a pedir muito? E a liberdade de expressão? Mas pronto, se ganhares alguma coisa com isso a gente esforça-se...

    ResponderEliminar
  3. Hummm... uma pessoa vai tentar... mas não se promete nada... giro seria se houvesse uma revolta de leitores, mas para qualquer eventualidade não fui eu que dei a ideia :bonequinho a assobiar para o lado:

    ResponderEliminar
  4. Aceita a publicidade para quando receberes prendinhas cair alguma coisa para o meu lado :)

    ResponderEliminar
  5. Houve uma pessoa ( A ELSA) que deu uma ideia bastante aprazivel, digo eu.

    Impõe-te POC!
    Faz-te homem já que a tua mãe nunca o foi - diria a minha querida avó!

    ResponderEliminar
  6. @Ca: :D

    Está-se mesmo a ver que não tarda vêm aí os seguranças do tasco para me expulsar. Tenho de ser rápida a semear o caos :)

    ResponderEliminar
  7. Sendo assim deverias tirar o:
    "Escreve o que bem te apetecer. Mas escreve."

    Os leitores ficam baralhados pá!

    ResponderEliminar
  8. F*dasse, então não permitas certos comentários de m*rda, escritos por gajos do c*ralho, que só sabem escrever asneiras, p*ta que pariu...
    Agora a sério, parabéns por isso! É uma vitória daquelas! :D

    ResponderEliminar
  9. Para quem tem dúvidas acerca deste post, devo afirmar que ele é verdadeiro. Eu sei que pareço parvo, mas sou só estúpido. E portanto, recebi mesmo as propostas.

    @Mamã de Salto Alto, a chafarica é nossa, eu só tenho as chaves para abrir e encerrar o estabelecimento.

    @Tábua Rasa, não devo ganhar nada com isto. Mas o comportamento impõe-se. Não quero cá ninguém a mandar o outro à merda. Ooops! Ai agora...vou perder rios de dinheiro!

    @Elsa,
    @Ca, o porteiro já sabe quem vocês são. Não é um aviso. É só um alerta. Ou vice-versa.

    @Marilyn, nem para um berlinde daria.

    @Não têm nada a ver com o meu nome!, manténs o maior "nick" do tasco. Só por isso vou arranjar aqui um presente especial...deixa ver...Ah, acabaram-se ainda agora, que pena. Continuando, este é um local sagrado, o leitor pode escrever o que lhe apetecer, especialmente se tiver impropérios. Eu valido tudo.

    @tiago leal, o que mais faltava era vir alguém aqui dizer a put@ duma asneira de merd@ mais OU c@r@lho da prima do fod@sse!
    Agora a sério, aquilo não dá nada, pois não?

    ResponderEliminar
  10. Sinceramente já pensei em mudar de nick precisamente por ser enorme, mas desisti da ideia. Iria sentir-me como se tivesse feito uma cirurgia plástica que me alterasse as feições e me deixasse irreconhecível!

    ResponderEliminar
  11. @Não têm nada a ver com o meu nome!, nós, no Simão, Escuta, nem sequer admitiríamos a possibilidade de mudar de nick. É o mais comprido, e que assim continue!

    ResponderEliminar