Porque razão odeio o Rock in Rio?

Há dias falei sobre a minha renúncia em marcar presença no RiR. Alguns leitores quiseram saber o porquê de não gostar do festival.

A explicação aqui.

11 comentários:

  1. Continuei a não perceber o porque de: Se vão bandas que gostas e tens possibilidades de ir, não vais porque... não!

    As t-shirts e o raio não és obrigado a usar, eu não uso!
    Vou lá e pago para ver o que gosto, vejo canto pulo e venho-me embora. Qual é o drama? :)

    Menino!

    ResponderEliminar
  2. @Não têm nada a ver com o meu nome!, sou muito fiel às minhas mariquices.

    @Sufocada, toda a publicidade envolvida, todos os directos, os anúncios, as t-shirts, o mundo melhor, o melhor concerto do mundo e outros que tais...enervam-me.

    ResponderEliminar
  3. Diz-me sinceramente, mas tu ainda acreditas que haja alguma coisa pura neste mundo?

    Acreditas que haja festival ou concerto isolado que não tenha outros motivos mais comerciais do que os simplesmente artísticos?

    ResponderEliminar
  4. Se for pelo excesso de publicidade...então tb não devias ir ao estádio da luz!LOL!Olhas para as bancadas cada uma tem o nome de uma marca, as camisas do Benfica fazem publicidade (na maior parte das vezes em Azul!) a tmn ou Meo, no relvado e só painéis publicitários!Mas continuas a ir pk gostas é de ver o Benfica..o mesmo acontece no RIR cagas para as publicidades e vez mas é os concertos!

    ResponderEliminar
  5. Estão todos convidados para a festa da minha freguesia - um festival "à séria". Este ano temos:

    - torneio da malha. Prémio: um garrafão de vinho da cooperativa local (sem mistura de água e açucar);

    - torneio da "agulha no palheiro". (não são permitidos detectores de metal ou ímanes). Prémio: uma agulha.

    - Salto da fogueira. Prémio: uma pomada de sulfadiazina de prata.

    - Tiro ao alvo (garrafa). Este ano vamos mudar o local do evento. Não será mais em frente à loja do Arlindo ferrador (o ano passado houve 3 baixas - 2 cavalos e uma vaca - e a comissão de festas ainda está a pagar o prejuízo aos donos dos animais). Compareçam, portanto, em frente ao galpão do António fogueteiro. Prémio: um tapete em pele de vaca.

    - sorteio de rifas. Prémios variados: "bibelots", uma estátua de Nossa Senhora de Fátima que brilha no escuro, uma garrafa de azeite da cooperativa, uma lima grossa, etc.

    - actuação desconcertante e apoteótica do Rancho Folclórico de São João da Pesqueira.

    - matança do porco, seguida do tradicional prato de sarrabulho ao pequeno-almoço. Nota: não tragam os cães. Todos os anos atrapalham quem está na cozinha;

    - procissão em honra de Nossa Senhora dos Remédios (será sorteado um lugar para carregar o andor);

    - cortes de cabelo gratuítos pelo Alcino barbeiro. Chegar antes das 10h. Depois, ele começa a beber e podem não gostar do resultado do corte (que o diga o Zé Manel careca).

    Enfim, vai um fartote de festa e sem direito a t'shirts parolas. Compareçam!

    ResponderEliminar
  6. Festival era Vilar de Mouros e o resto é ruído!

    ResponderEliminar
  7. Concordo com o Vitto. Vilar de Mouros, o 2º melhor festival do mundo.

    ResponderEliminar
  8. POC, desculpa a objectividade mas, com o devido respeito, isto é uma pura e crua imbecilidade. Perder o BOSS devido a fundamentalismos?

    Se me permites esta (pequena) publicidade, vê o que perdeste:

    http://escolhamusicaldodia.blogspot.pt/2012/06/bruce-springsteen-e-street-band-spirit.html

    ResponderEliminar
  9. POC, falando a sério, não percebi. ☺

    Não me parece razão suficiente para tanta "raiva"...

    ResponderEliminar
  10. POC eu compreendo-te, nunca lá fui e tb me chateia tanta propaganda e hipocrisia, mas isto de não gostar do RIR é como o Benfiquismo, não se explica.

    ResponderEliminar