Atenção: A EMEL está a cobrar a dobrar

Imaginem que precisam parquear a viatura. Agora imaginem que existe um parque pago. Esse parque, será, na maior parte das vezes, da EMEL.
Vocês chegam, lançam um "...d@§§€, não há lugar em lado nenhum, lá vou ter que dar dinheiro a esta gente". E entretanto entram no parque e tentam encontrar um lugar consentâneo com o vosso status.

Até aqui tudo bem. Basicamente a EMEL anuncia que faz assaltos à mão armada se entrarmos no parque, e nós aceitamos. O pior vem depois. E é aqui que lanço o alerta:

A EMEL está a cobrar em duplicado! E porquê? Porque tem arrumadores dedicados nestes parques. Ninguém me tira da cabeça que aqueles indivíduos que vejo nos parques a pedir "uma moedinha" depois de darem um enorme ridículo contributo para eu conseguir encaixar a viatura no lugar, são na verdade funcionários EMEL à paisana. Ou seja, pagamos o ticket do parquímetro e depois ainda pagamos mais 50 cêntimos ao arrumador, para garantir a segurança da viatura. Um escândalo.


Meus amigos: eu não tolero isto. Nem colaboro. Portanto ninguém recebe euros! E se a minha viatura sair ilesa, a dentatura deles também sai.


Reenvie já a 10 dos seus contactos nos próximos 0.24 segundos, senão algo de mau pode suceder a si ou alguém da sua família.
Um dia um senhor de 124 anos leu um post no Simão Escuta e não o encaminhou aos seus amigos. Passados alguns anos acabou por ter morte natural.

Tirem, portanto, as vossas conclusões.

7 comentários:

  1. Estou apavorada, mas ainda assim não vou repassar porque sou preguiçosa.
    Essa teoria dos fulanos da EMEL à paisana até é viável...

    ResponderEliminar
  2. Txi óh Simão que seca, prefiro que me aconteça algo a reenviar coisas, tenho sono agora.

    Nunca dou dinheiro a esses gajos e fixo sempre a cara deles. Ao mínimo risquinho espeto-lhes a cabeça pelo vidro do carro dentro e ainda têm que me pagar. Aliás, minto, dei uma vez a um porque deixei o carro aberto e ele veio chamar-me a dizer que me tinha esquecido de fechar o carro. Tanso.. mas ainda bem!

    ResponderEliminar
  3. Ahaha, davas porrada no arrumador, se o teu carro fosse riscado?
    Oh POC ... :)

    ResponderEliminar
  4. Em braga não existe EMEL mas temos desses cá à paisana, bastards!

    ResponderEliminar
  5. Faz-me lembrar no antigo Estádio da Luz, quando o meu pai estacionou debaixo do viaduto, foi dar uma moeda ao carocho e este lhe disse "pagamentos é ali com o meu colega"...

    ResponderEliminar