Eleições USA - directo do Simão Escuta (Obama vai ganhar!)

Está quase. Estou a controlar a coisa pela CNN (fabulosa a cobertura), tudo para vos dar informação em 2ª mão.
São 3 horas da manhã. Mitt Romney está na liderança. A coisa está a ficar preta para Obama (!). Mas ainda falta muito... 

De qualquer forma, as eleições são diferentes do que estamos habituados: cada Estado vale x "votos". Quem ganhar o Estado leva esse número consigo. E quem chegar aos, pelo menos, 270, ganha.

O Bom Sacana mostrou-me este vídeo genial do Chris Rock a apelar ao voto dos caucasianos. Humor negro. Ou branco. Mas humor.


Entretanto, e porque lá no canto dele (do Pulha Garcia) disse umas coisas minimamente inteligentes (na verdade tenho dúvidas), resolvi partilhá-las também aqui. São opiniões baseadas em brainstorming com Família e Televisão. Os meus amigos não sabem sequer que existem eleições, é tudo gente que passeia ao domingo pelo Estádio, com o jornal debaixo do braço e o palito nos dentes.

Ora portanto...

É verdade que Mitt Romney esteve melhor que Obama nos debates. Mas também é verdade que, provavelmente, não haverá candidato/presidente mais honesto (ou pelo menos julgo eu) que Barack Obama.
O que é na frente é nas costas. E vice-versa.
Parece-me um "just a regular guy", com valores. Mas tirando o Sistema de Saúde (importante, mas que poderá ter sido baseado até em ideias anteriores do Romney - vale o que vale), tudo o resto não correu bem.

Em relação à fortuna de Romney, pelo que sei, desde que se juntou vincadamente à política que ela, a fortuna, abrandou no crescimento. Ou como o meu Pai diz, o contrário do que se passaria por cá.
Seja como for, estou pelo Obama. 

Mas tenho pena num ponto. Nenhum candidato luta afincada contra a "política de armamento" que existe nos Estados Unidos. Os americanos são na maioria do "campo", com mentalidades mais apontadas para "olho por olho, dente por dente", para guerra. E por isso, não admitem que apareça um político a querer acabar com as armas. E são muitos, muitos votos...


Projecções CNN (a sério, impressionante a cobertura, depois disto não consigo ver mais previsões para eleições em Portugal):

03:53 - 157/169 a favor de Romney. São necessários 270.
04:05 - 238/191 Obama a dar a volta.
Em Nova Iorque, é quase certa a vitória de Romney.
04:13 - Barack vai ganhar pah! Sou eu que digo!

22 comentários:

  1. Devem chegar aos 90 milhões de eleitores a votarem. São cerca de 200. A abstenção também é muito, muito alta.

    ResponderEliminar
  2. POC, a sério...política? Opiniões com pés e cabeça? Não volto cá mais.

    Aliás, sempre disse que isto não interessa a ninguém.

    Devias mesmo ter fechado isto. Ou nunca ter aberto.
    Xau, já vais tarde.

    ResponderEliminar
  3. 04:18, a CNN avança que Obama deverá ser reeleito.

    5 MINUTOS DEPOIS DO SIMÃO ESCUTA!

    ResponderEliminar
  4. (a nível de votos, é quase um empate técnico, a diferença é ínfima)

    ResponderEliminar
  5. Olha POC, por acaso gosto disto, não estou de acordo com o anterior leitor.

    Acho giro os leitores estarem aqui a discutir as eleições.

    ResponderEliminar
  6. Isto está acesso para estes lados, a caixa de comentários está ao rubro!:)

    A CNN é a CNN, nestas cenas de coberturas de eleições ninguém os bate!

    Gostei de ver o Obama reeleito, penso o mesmo que tu, é um tipo que é fiel a si mesmo, "What you see is what you get"

    Quando à politica anti-armas, é muito difícil ser-se contra uma industria que rende tanto dinheiro e que é gerida por pessoas demasiado influentes (digo eu que nada sei).

    ResponderEliminar
  7. Não vou fazer comentários inteligentes, vou deixar os créditos todos para ti! (que medicação é que te deram pah? Ou foi dos vapores?)
    O vídeo do Chris Rock está genial.
    E ainda bem que ganhou o Barry.

    ResponderEliminar
  8. Cobertura fantástica do POC. Muito mais à frente que a reles CNN.
    Ainda bem que ganhou o Obama

    ResponderEliminar
  9. Quando eu pensava que a minha sanidade mental andava pelas ruas da amargura,vem o Simão Escuta demonstrar que existe quem esteja pior que eu.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  10. Sem querer ofender ninguem: quero dizer que todos os comentadores deste post especifico sao uns otarios.
    A respeito das eleiçoes americanas, elas são brutais, longas e dificeis de compreender mas brutais, ainda no outro dia deu um comentario sobre o sistema de votos de um estado. O sistema chamava-se caucus e basicamente(simplificando) as pessoas reuniam-se numa sala e levantavam o braço quando alguem dizia o nome do canditato em que queriam votar. Como nas aldeias de antigamente. E depois em paralelo noutro estado qq têm um sistema de contagem de votos super hi-tech.

    ResponderEliminar
  11. "Em Nova Iorque, é quase certa a vitória de Romney." -> wtf? viste isto na CNN?

    ResponderEliminar
  12. Eu diria que ou foi da privação de sono ou tens um grava distúrbio de personalidade.
    Nada de grave, portanto!

    ResponderEliminar
  13. @2w
    Quanto aos Caucus funcionam apenas nas primárias e não no ellection day. No ellection day elegem grandes eleitores, 538, que vão eleger o presidente, por isso é que precisam de 270 para ganharem.
    @poc
    Como não dás no medronho mas num químico qualquer, estás a ficar um bocado esquizofrénico.
    Quanto à CNN estão escaldados desde a derrota do Al Gore, pois nos swing states tudo pode mudar a cada momento, visto que estás a falar de estados com vários milhões de votantes e as diferenças às vezes ficam apenas em poucas dezenas de milhar, ou seja menos de 1%, algo que é cai no intervalo de erro.

    ResponderEliminar
  14. nota de rodapé: os comentadores a que me referia eram os primeiros 5.
    Não os restantes, claro!!! se ha coisa que este blog tem de alto gabarito, são os seus leitores.

    B Cool: pois era, tens razão o documentario seguia o Obama na altura em que ainda concorria contra a Hillary, não estava decidido se ele seria o candidato (das anteriores eleiçoes). Mas foi muito giro observar o sistema.

    ResponderEliminar
  15. @2w
    Olha que temos mais a aprender com eles em termos de processo democrático que o inverso, independentemente das ideologias de cada um.

    Eles elegem juízes, chefes de polícia, senadores, governadores, representantes e o ticket do presidente+vice-presidente além de fazerem referendos estaduais sobre n assuntos.

    E para quem diz que os americanos são assim tão estúpidos, não se esqueçam que os candidatos a senadores que disseram que as violações eram vontade divina e/ou justificáveis, foram ambos derrotados nas urnas.

    ResponderEliminar
  16. http://memecrunch.com/meme/HKK/americans

    ResponderEliminar
  17. @Ana, infelizmente é isso, a indústria das armas mexe com muito dinheiro e muito...voto.

    @xavi, foi só desta vez, já vou voltar a escrever coisas sem interesse, só um segundo.

    @nAnonima, por dar tudo ao leitor? Por avançar os resultados oficiais antes mesmo deles serem serem apurados? Enfim, sofro muito.

    @Fura-Redes, haja quem dá valor a este tasco. Obrigado.

    @Tomé Silva, obrigado. Acho. Hmm...

    ResponderEliminar
  18. @2w, belo regresso. Portanto, baseada nos primeiros 5 comentários do post, apelidou o comentador dos mesmos de otário. Aposto que na altura votou Bush.

    @Pusinko, não diria melhor, esteve em grande.

    @Aquele Gajo, queria dizer Carolina do Norte. Tive um primo que emigrou para Nova Iorque e namorou com uma rapariga chamada Creolina. Daí a confusão.

    @Sufocada, porquê? Por servir o leitor como ninguém? Sai inquérito disciplinar.

    @B Cool, começo a colocar seriamente a hipótese de adoptar o medronho.
    Gostei muito de "swing states". E sim, as eleições são uma loucura e facilmente estão a "brincar" com as margens de erro.

    @RS, :)

    ResponderEliminar
  19. Grande POC,

    e não é que acertaste na previsão?

    Forte abraço, pá. As melhoras.

    ResponderEliminar
  20. @Pulha Garcia, quando todos julgavam que Obama podia vencer, aliás, quando todos os que seguiam a CNN perceberam que Obama ia vencer, fui eu quem avançou primeiro o resultado. Depois claro, vem tudo atrás, começa a aparecer na televisão, net, jornais...

    Abraço e obrigado.

    ResponderEliminar