Fêmeas Alert - Actor brasileiro fotografa-se com o Autor

No meio da cortisona que fez o Autor perder (ou ganhar) formas, um jantar no Hard Rock deu origem a uma ide à Pensão do Amor.
Depois de ver todo o amor que emana nos livros e nos artigos eróticos ali expostos, decidimos beber um copo. Pedi um whisy duplo, com gelo. Fiquei encostado à ombreira duma porta a contemplar o original espaço onde me encontrava. Vi passar várias mulheres bonitas, vi passar tipos feios que nem bodes, mas estava a curtir o momento.



As minhas colegas olhavam-me de lado, questionando a minha distracção e se não se teriam produzido o suficiente para uma saída comigo. Li nos seus olhos. Percebi, sorri e disse-lhes ao ouvido que se não fosse o meu mais velho em casa à espera do Pai, uma delas seria minha ontem à noite. Depois lembrei-me que tinha deixado o meu mais velho enrolado em toalhitas Dodot de criogénio, à espera da altura certa para nascer, mas já tinha perdido a minha chance.

Nisto, no meio da Pensão do Amor, aparece Alexandre Borges, brasileiro de seu nome. Ou ao contrário. O whisky ainda me está a bater um bocado. Dizem as minhas colegas que é o "Cadinho" da novela Avenida Brasil, que passa actualmente na SIC. 


Estava sozinho. O seu estado não permitiu grandes conversas, mas disse que veio "mais ou menos" em trabalho (à Pensão do Amor ou a Portugal?) e que se sente benfiquista desde pequenino. 
As meninas, essas adoraram. Excepto o facto dele já estar para lá de Bagdade. Convidei-o a ficar na nossa mesa.

Atirei uma moeda de 2 euros para a mesa, disse que pagava a próxima rodada a todos e que podiam ficar com o troco. O Autor estava de saída.

Pelo meio, ainda oportunidade para me deparar com isto. Ninguém merece.


Mas voltando à nossa mesa, afinal de contas, saía um galã, para entrar outro. Não, esperem, saiu um galão e entrou um galã. É isso. É que ainda tenho de ter cuidado com o que bebo.

16 comentários:

  1. Tenho que te agradecer, do fundo do coração. Graças a ti e à primeira foto deste post, não janto hoje. Sem qualquer tipo de ironia, obrigada! Precisava disto.

    ResponderEliminar
  2. Ah adoro a Pensão Amor, grandes noites aí! Sempre um espaço bem frequentado! ;)

    ResponderEliminar
  3. Se é Benfiquista, é boa gente.
    O resto já nem interessa...

    ResponderEliminar
  4. Simão escuta :-)
    Gracias. És o maior.

    ResponderEliminar
  5. Na pensão do amor a mamar whiskeys ... qualquer dia chocamos. (ou amanhã na Luz)

    ResponderEliminar
  6. Agora já se conhece o paneleirão POC.
    Bem que tenta disfarçar mas o tique está lá. Ganda paneleirão.

    ResponderEliminar
  7. POC...se tens ido ao Jamaica pagava-te um whisky!!!!!! :)

    ResponderEliminar
  8. Bem, eu tenho temido mudar, Porque eu construí minha vida ao seu redor, Mas o tempo traz coragem; crianças envelhecem, Estou envelhecendo também.(sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Crianças Envelhecem"

    http://criancasenvelhecem.blogspot.com.br/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Dinha.

    ResponderEliminar
  9. Qualquer dia quem choca convosco sou eu :) gosto da pensão do amor :))))

    Parabéns, benfiquinhas ;)

    ResponderEliminar
  10. Confesso que apesar de se3r "bemn" adoro ir à Pensão Amor :P é a minha cara, salvo seja.
    Mas não costumo ver regos desse calibre.

    ResponderEliminar
  11. Epá diz-me que esse rabo não é do Cadinho, já me chega a desilusão de ele se dizer benfiquista... e eu que gosto tanto dele...

    (cortisona + whiskey?!! isso explica muito...) ;)

    ResponderEliminar
  12. Esse rego se não se tapa ainda se constipa!
    E não há-de ser bom vê-lo espirrar...

    ResponderEliminar