Capricciosa, a pizzaria sui generis

Conhecem? Já foram? O que acham?

Voltei a cair lá há dias. Escrevo este artigo para ver se me lembro, na próxima vez que me apetecer pizza, não escolher a Capricciosa
"Ah mas as pizzas são boas". Certo, bom argumento. E a minha soube-me bastante bem. Mas o que me faz perder as estribeiras é pensar na pequenez de quem gere negócios desta envergadura. 

Estava a ver a lista e perguntei à simpática Isabel:
- Posso trocar um ingrediente?
- Lamento mas não, política da casa.
- Hmm...OK. Então quero acrescentar um por favor.
- Também não pode (fazendo cara de quem me está a dar muitas negas e nem o queria fazer).
- Mas tem aqui o preço dos ingredientes, trocando ou tendo de adicionar, eu pago.
- Não podemos mesmo. Pode é fazer a pizza ao seu gosto.
- Então deixe ver... Mas só a base é o valor da pizza que eu quero! Assim a mesma pizza fica ao dobro do preço!
- Pois...

Basicamente, um restaurante de porta aberta, não pode trocar ingredientes em pizzas...e pior, não aceita adicioná-los (pagando)! É o mesmo que escolhermos um bife que diz que acompanha com ovo, arroz e batata...pedir salada em vez de batata e dizerem que não pode ser, nem a pagar. Ridículo. Não tenho, nunca tive, nem hei-de ter paciência para estes preciosismos. 

Se alguém me souber explicar o porquê disto acontecer, para eu não achar uma perfeita anormalidade, agradeço. E não me falem em confundir a cozinha com os pedidos, que têm muita gente, etc., não faz sentido. Não abrissem portas.

E para terminar, pede-se uma Coca-Cola e a simpática Isabel diz, já a medo, "pode ser Pepsi?". Pronto, eu disse-lhe que não voltava lá. "Então traga-me uma 7up por favor". E diz a Isabel "só de pressão". E eu pensei...foda-se.

43 comentários:

  1. É uma espécie de Nazi das Pizzas (Seinfeld fans only).

    ResponderEliminar
  2. Ou comes o que está lá ou não comes, mudar ingredientes numa pizza? Onde é que isso já se viu?
    E a trabalheira que dá não pôr a cebola para pôr o pimento? Não percebes?
    Pepsi ou Cola é tudo o mesmo, tu é que és esquisito.

    (estou a ser irónica, porque concordo com o que disseste.)
    Não digas foda-se, diz lodacento :)

    ResponderEliminar
  3. Podes experimentar também a Di Casa. As pizzas são igualmente ótimas. Não sei como funcionam em relação ao acréscimo de ingredientes. :D

    ResponderEliminar
  4. porque as pizas já estão feitas e congeladas, eles só põem no forno...
    se queres uma feita na hora com os ingredientes a gosto tens de pagar mais!
    mas querias o quê ? substituir o ingrediente "cavalo" por "vaca" ?

    ResponderEliminar
  5. Não percebo qual é a dúvida:

    Caprichosa:

    1. que tem caprichos
    2. teimoso
    3. extravagante
    4. feito a capricho, com esmero

    Considerando que não tem uma decoração propriamente extravagante nem as coisas são feitas a capricho e com esmero...resta dizer que cumprem 50% das caracteristicas do nome que escolheram...por capricho e por teimosia não te deixam escolher o que queres comer...

    Ah...o sistema de bancos corridos à la cantina do exército é mt...caprichoso!

    Obrigado por relembrares porque razão este já estava na lista dos "não volto lá nem com uma arma encostada à nuca".

    ResponderEliminar
  6. Esquece....a melhor Pizzaria é a Divina Pizza nas Colinas dos Cruzeiros em Odivelas!! Nada que se compare!!Essa só tem é fama!

    ResponderEliminar
  7. E que tal umas favas com chouriço,bem à portuguesa,regados com um tintol Alentejano e um medronhito caseiro para rebater a poeira,comidas numa tasca,com higiene,claro,sem preciosismos bacocos impostos por leis de merda made in UE?
    Diz-se que muitos doutores,que de dia inspecionam as HIGIENES e que de noite gostam de ir enfardar lá pela porta do cavalo,à borlix,para perdoar as infracções.

    ResponderEliminar
  8. POC, não sei o porquê de tantas interrogações na tua mente. O nome explica tudo.

    ResponderEliminar
  9. Nunca entendi muito bem esse tipo de "Regras da Casa"... é a minha discussão diária com o Cozinheiro e nunca consegui compreender a razão!

    ResponderEliminar
  10. Com as minhas desculpas tenho que comentar que quem gosta da Capricciosa não percebe de Pizzas..

    ResponderEliminar
  11. Estou com o sensei, o nome devia ter-te posto de sobreaviso.

    ResponderEliminar
  12. Paga e não bufas... e não te ponhas com ideias de trocar isto por aquilo é chapa 5 para toda a gente...

    Já lá fui e não gostei do serviço. Gosto do Castafiore na Parede na Marginal, tem umas pizzas divinais, e o atendimento é super como eu gosto.

    ResponderEliminar
  13. Desde que há uns anos um amigo aí ia morrendo (mesmo) engasgado com um fio de queijo e toda a ajuda que obtivemos foram risinhos e algumas gargalhadas, não contaram mais comigo por lá!

    ResponderEliminar
  14. AC disse...
    Gosto do Castafiore na Parede na Marginal.

    Cara AC (mas que lindos olhos tens!), não se diz o Castafiore, mas sim "a Castafiore". É só preciso ler as "Les Aventures de Tintin, Les Bijoux de la Castafiore", cantora lírica, com breve aparição no último filme - As aventuras do Licorne, que passou há cerca de dois anos nos cinemas.

    Tenho dito!

    ResponderEliminar
  15. Olá... pode crer que com tanta negatividade eu tinha ido comer pizza a qualquer outro sítio da cidade... lá é que eu não ficava... e... considero-me muito paciente e compreensiva... Bjos

    ResponderEliminar
  16. Essas pizzas não valem nada!

    Se quiseres comer pizzas verdadeiras vai ao "La finestra", "Luca", "Tavola Calda(alges)" ou "Casablanca"

    Os 3 primeiros são do mesmo dono

    ResponderEliminar
  17. Isso já parece um Pesadelo de Ramsay! :)

    ResponderEliminar
  18. os meus sentimentos! ahahahah

    (a pizzaria junto ao jardim de oeiras :p)

    ResponderEliminar
  19. Ao (á) anónimo(a)que respondeu à AC.
    Cocordo com a apreciação feita aos seus (dela) belos olhos, mas convém falar um pouco mais da Castafiore, que em português vernáculo quer dizer ... exactamente o que estão a pensar ... ou seja, Branca Casta Flor, que mais não é do que uma paródia de Hergé a uma das mais importantes cantoras líricas do final da década de 20 do séc. passado, de seu nome Emma Calvé, a mais famosa Marguerite de sempre. A "ária de assinatura" da Castafiore era a canção das jóias, no original,"l'air des bijoux" da ópera Fausto, composta por Charles Gounod. Quer Emma Calvé quer a ópera Fausto estavam no auge quando hergé era jovem.
    Sendo a Castafiore uma soprano milanesa, estrela do La Scala, é ridículo, do ponto de vista italiano, que a sua "assinatura" seja de uma obra dum compositor francês ao invés de escolher um dos muitos italianos, como Verdi, Puccini ou Donizetti one might expect from a star of La Scala.

    Portanto, o nome é apenas uma brincadeira dos "bons velhos tempos", mas o restaurante era muito bom nos idos de 70 e 80!

    Nota da Redacção: O Coronel escreve segundo o único acordo ortográfico em vigor. Há quem lhe chame de "antiga grafia".

    ResponderEliminar
  20. Já lá não vou há uns tempos... O mais agradável é mesmo esplanada no verão e as sobremesas que me lembro eram boas... De resto...

    A questão da Coca-cola é para mim sensível! Se me servem pepsi sinto-me enganado, não gosto! Que avisem a tempo de pedir igualmente uma 7up! Pepsi no no ...

    ResponderEliminar
  21. Experimenta a Bella Lisa, na Av. Visconde de Valmor! :)

    Falaram-me na Cappriciosa, mas nunca pensei que fosse assim ... isso para mim não funcionava bem, porque eu costumo alterar um ingrediente ... acrescentar ananás, ou tirar algum a uma pizza ja feita ... enfim ...

    ResponderEliminar
  22. Aconteceu-me exactamente a mesma coisa esta noite na Capricciosa da Expo. Ridículo é um elogio!

    ResponderEliminar
  23. Pizza? Casanova em Santa Apolónia. Era usual às vezes encontrar a cabra da dona no restaurante. Calma. Eu não estou a dizer que a dona daquilo é uma cabra. Estou mesmo a dizer que ela tinha uma cabra e o bicho andava por lá à solta. As pizzas são do cara***! E na esplanada, o Tejo está literalmente aos nossos pés.

    Quanto à Capricciosa, essas merdas de não permitirem mudanças nos menus deve tb ter a ver com as modernas técnicas de gestão de custos. Não se pode mudar muito o procedimento senão já não dá para apurar a % de cogumelos utilizados na confecção de cada pizza...

    ResponderEliminar
  24. POC, fora de brincadeiras, experimenta o Dicasa (existe em vários sítios). Da minha experiência, são as melhores pizzas, e as mais autênticas.
    Para além disso, e quanto aos ingredientes, eles permitem fazer todas as alterações que quiseres. Até porque as pizzas são feitas na hora, à tua frente, se quiseres ficar a ver. Falo por experiência própria, que por vezes altero ingredientes e não tenho quaisquer problemas.

    ResponderEliminar
  25. 25 comentários diferentes, nenhum é meu. Sacana da Capricciosa valeu um artigo mais ou menos, finalmente! Só por causa disso, vou lá novamente. Não, não vou.

    Bem-vindos: Chuck, Pizzaralho, Sintonia, Tiago, A bug's life, biscoitinho de caramelo, redbul1710, Sensei e Anónimo.

    Porque raio é que este blogue não permite que se responda aos comentários já existentes?! Agora se quiser responder a todos vós (como gosto), vou encher isto de comentários meus, todos seguidos!

    Em resumo: as pizzas não são más, mas são banais. E estes pormenores fazem com que não lá volte.
    Conheço algumas das pizzarias aqui descritas. E vou seguir conselhos que me deram. Estou a ver que a malta ainda se cruza por aí...

    ResponderEliminar
  26. @Coronel, antiga grafia sempre. Hi5.

    @Tiago, antes um bitoque.

    ResponderEliminar
  27. coitada da miuda... imagina quantas vezes diz isso por dia...

    ResponderEliminar
  28. Nunca comi uma pizza "decente" em Portugal.
    Pizza, solo da Napoli!
    Aproveitas e vais ver o Edinson

    ResponderEliminar
  29. @Naja Capelo, Isabel, é você?

    @Il Duce, bem-vindo(a). O Cavani?

    ResponderEliminar
  30. @Fehér 29, quem não gosta de pizza é roto.

    ResponderEliminar
  31. Não gosto nada do sítio. Já lá fui umas quantas vezes e a última bem me lembro que foi lamentável. Seja na de Carcavelos, seja nas outras. As pizzas são boas? Eu sempre que vou comer a um italiano fico com a sensação que faria muito melhor em casa... Mas deve ser de mim. O último foi um no Parque das Nações "La Rúcula" em que tenho a impressão que pedi uma coisa e trouxeram-me outra. Mas tudo bem, como também não tenho a certeza se fiz o pedido como deve ser não me chateei. Mas servirem-me penne com polpa de tomate e pagar 8 ou 9€ por isso... Por favor. Nem sequer era molho de tomate caseiro e a massa nem sequer era fresca. Que porcaria. Fazia uma coisa muito melhor em casa e muito mais em conta. Farta deste restaurantes que se dizem italianos e onde não se como nada com sabor. Enfim.

    ResponderEliminar
  32. @Marilyn, apoiado. Aliás, quero já aqui anunciar que o próximo jantar do Simão Escuta vai ser em sua casa.

    ResponderEliminar
  33. Em minha casa?? Mas... como assim? Nem sequer o conheço... Assim em género de blind date? ;)

    ResponderEliminar
  34. @Marilyn, tive uma colega de faculdade com esse nome. Mas sim, blind date, só que de olhos abertos. Gosto de ver o que me servem.

    ResponderEliminar
  35. Teve uma colega de faculdade chamada Marilyn? Está certinho :)

    ResponderEliminar
  36. @Marilyn, não, nunca disse isso. O que eu disse é que tive uma colega de faculdade com esse nome. (...)

    ResponderEliminar
  37. devias vir cá! :p
    a sério, perco a paciência muitas vezes, em diversos restaurantes aqui na Praia..já só me consigo rir! é a morabezza caboverdiana! ahah!
    beijinho*

    ResponderEliminar
  38. @Diana, fica aí mais um tempo, a ver se arranjo forma de ir experimentar a "Capricciosa" desse pedaço.

    ResponderEliminar
  39. Pizzarias para novo rico : Só come merda mas paga muito porque acha que é fino e bem, absolutamente anormal, tiranos....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acho que sejam para novo rico, até porque não são caras (Capricciosa).

      Eliminar