SAL é do camano

Enquanto estou aqui a preparar o dia #2 do Diário da micro viagem pelos USA, deixo uma sugestão para mais logo: SAL, Surf at Lisbon Film Festival.


Sexta-feira passei pelo Cinema São Jorge e gostei. Por € 4 temos direito a visitar a sala 3 ou a sala Manoel de Oliveira. Em cada uma delas, e conforme o horário, são apresentados 3/4 filmes de curta duração, todos sobre surf.
Gostei bastante do Bending Colours, quase exclusivamente sobre Jordi Smith, surfista sul africano, da zona do camano. Muito, mesmo muito bom. E banda sonora fantástica (tenho de tentar arranjá-la).



Pensamentos após o visionamento dos filmes:
- que saudades de fazer surf;
- belo festival, original;
- o surf mundial agradece o facto de ter magoado o ombro e estar sem ir ao mar há muito tempo;
- tenho que voltar ao mar com a minha Rosinha!

Se forem de Lisboa, ou arredores, e ainda tiverem paciência, têm eventos a decorrer das 19 às 23 horas.

Podem consultar aqui o site oficial e aqui o programa.

3 comentários:

  1. Não é bem a minha praia. Mas obrigada pela sugestão!

    ResponderEliminar
  2. Rosinha? Mas tu chamas à tua prancha Rosinha!?!?! AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

    ResponderEliminar
  3. O mítico São Jorge. Belas tardes de cinema à borla lá passei. Não era bem à borla, tinha que pagar umas imperiais aos "pica bilhetes". Essa é outra boa recordação que guardo do São Jorge. Naquele tempo ainda havia isso do picar bilhete e de nos acompanharem ao lugar. Pena que se vão perdendo estas coisas.

    ResponderEliminar