Atenção viscondes: Roberto Dias falou

Ontem, à conversa com o sobrinho do Zé, que tem 12 anos e é craque nas escolas do Sporting de Lisboa, perguntei quando é que mudava para a Luz. Ele disse que não o fazia, mas com aquele sorriso de quem sabe que fez uma escolha errada na vida e percebe agora que o seu ADN pode estar, irremediavelmente comprometido.
Entretanto sugerimos a hipótese de ir para o Estoril, visto que seria sempre um passo em frente na carreira. Do meio da tabela dava um pulo e poderia passar a disputar as competições europeias. Ele disse que não.
Fiz-lhe ver que muita gente em Portugal tem dois clubes, um mais fraquinho, o da terra, o simpático, e um maior. Que podia ser do Sporting de Lisboa e do Estoril ao mesmo tempo. Ele voltou a fazer o sorriso de quem está desarmado mas é orgulhoso e disse que não. Ainda falei na hipótese do Estoril ser uma ponte para chegar ao Maior e passar a disputar a Liga dos Campeões, mas ele recusou.

Faz 12 anos agora em Agosto, mas é um homem honrado. Tal como Roberto Dias.

Roberto Dias é brasileiro, antigo jogador do Campinense. Acaba de revelar que teve propostas do Sporting de Lisboa e do Paços de Ferreira. Como homem inteligente que parece ser, optou pelo clube que lhe pode dar mais projecção: assinou pelo Paços de Ferreira.

2 comentários:

  1. Ninguém chama a Segurança Social? Onde andavam os Pais desta criança? É assim que eles se perdem na vida.

    ResponderEliminar
  2. @CM, a criança mostrou ser honrada. Não quer subir na carreira, por devoção ao Sporting de Lisboa.

    ResponderEliminar