"Geração de Ouro" + Cristiano = Campeões da Europa e do Mundo?

Tudo é possível no Brasil. Se o nosso Azeiteiro continuar nesta forma, tudo é possível. 

A Selecção costuma ser aquele clube que é de todos, dos que acompanham e dos que não acompanham futebol. A malta une-se nestes momentos, o mundo é lindo outra vez. Temos João Pereira, Miguel Veloso, Ruben Micael, Hugo Almeida, Josué e outros que tais. E chega. Porque o mundo é lindo outra vez.

Mas a verdade é que temos Cristiano, Moutinho, Pepe (um mal formado), Coentrão (se em forma) e pouco mais. Como equipa, somos muito inferiores ao nosso passado. Estamos inundados de jogadores absolutamente banais que não jogariam nas melhores Selecções da Europa ou do Mundo. Nem em muitas medianas.

Mas com Cristiano nesta forma, tudo é possível. Foi pena não ter nascido uns anos antes para jogar com a nossa Geração de Ouro. Com ele, Figo, João Vieira Pinto, Rui Costa, Paulo Sousa e companhia, teríamos limpo alguma taça. Por exemplo em 2000.

2 comentários:

  1. É o Ronaldo não ter jogado em 2000, como o Futre não ter nascido uns anos mais tarde... Que grande equipa teríamos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, muito bem observado. Futre e Cristiano ao mesmo tempo...não há nada igual. Nunca houve.

      Eliminar