Vai uma água de côco?

Deco (grandíssimo jogador) diz que é altura de Portugal atacar o título. Eu digo que é altura dele ir beber uma água de côco. Não esqueço que foi português contra vontade, dizendo publicamente que não queria jogar por nós. Outros valores se levantaram...


(Se para ele não era assim tão importante qual país representar, então jogava certo e nunca deixava Portugal para trás como fez várias vezes publicamente. Até ao dia em que deu jeito, porque lhe disseram - erradamento, digo eu - que não contava para o totobola brasileiro)

2 comentários: