As aparências iludem (orgia alert)

Como sabem, e se não sabem passam a saber, o Simão Escuta tem uma rede de olheiros internacionais, alguns inclusivamente na Ilha do Pico (uma ilha cujo nome é uma homenagem ao meu Menir, depois duma  açoriana copa D ter-me conhecido na juventude - há dois anos - e ter ficado impressionada com...a cor dos meus olhos - antes a ilha chamava-se Ilha Escutamos). 

A verdade é que estes olheiros não servem de grande coisa e o Autor tem de fazer o trabalho de casa todo. Posto isto, queremos lançar aqui um réptil, perdão, um repto, a todos os casais que gostam de participar em orgias: cuidado com os convidados.

No Brasil, no estado do Paraná, um ladrão que se preparava para assaltar uma casa, acabou a participar numa orgia com moradores e visitas da casa. Aviou dois casais. É isso mesmo. Não façam cara de surpreendidos, estas coisas acontecem.

"José Pedro Alves, de 39 anos, cortou a cerca elétrica e pulou o muro, quando chegou na sala encontrou dos casais praticando sexo, ninguém se importou sua presença. Na verdade, José foi prontamente convidado a se juntar à orgia. E foi o que ele fez.

Segundo José, ele participou do sexo durante 30 minutos. A.P.L., de 34 anos, e o parceiro C.S.O., de 31 anos, contaram em depoimento que achavam que José era uma amigo, que haviam convidado. “Pensamos que a toca preta era parte de uma fantasia ninja sexual”, afirmaram." Fonte

Se isto não é Serviço Público...

"Estou cheio de pressa, o que vou vestir?" - versão masculina

Quem é homem (entenda-se por "homem" um tipo como o Autor - extremamente atraente mas sem mariquices de acessórios, pentes, espelhos) sabe que as manhãs são bastante complicadas. Pelo menos as minhas são. Gosto de estar bem vestido, mas sem parecer cagão. Maneiras que a indumentária é sempre importante, até pelo trabalho que tenho (escrevo sobre moda). Espera aí, eu disse moda? A sério, poupem-me...

Acordo, aparo a barba se necessário, tomo banho e abro o roupeiro. E ao abri-lo lembro-me que estou cheio de pressa. E começo a vestir qualquer coisa. É assim, eu tenho parâmetros, mas a pressa é inimiga da perfeição.

Há dias, ia tão apressado que não percebi bem o que tinha vestido. Nem olhei para o espelho, devido à minha confiança e grande auto-estima. Quando chego ao serviço (tinha o sonho dum dia dizer esta frase), apanho o elevador e contemplo-me no espelho. E pensei "ah f***-se, que pesadelo...". E era. Mas o pesadelo era real: a camisola ficava tão bem com a camisa tal como a água combina bem com o azeite.

Entretanto nesse dia, por coincidência, fui jantar aos meus pais. A minha mãe abre a porta, olha para mim e dá-me uma ensaboadela daquelas...quase preferi levar um enxerto. Mas ela tinha razão. O problema é que deixou em mim um trauma. E todos sabem que os traumas perseguem-nos. Neste caso foi durante a noite. É que recentemente sonhei que tinha vindo trabalhar de meias brancas...

Capricciosa, a pizzaria sui generis

Conhecem? Já foram? O que acham?

Voltei a cair lá há dias. Escrevo este artigo para ver se me lembro, na próxima vez que me apetecer pizza, não escolher a Capricciosa
"Ah mas as pizzas são boas". Certo, bom argumento. E a minha soube-me bastante bem. Mas o que me faz perder as estribeiras é pensar na pequenez de quem gere negócios desta envergadura. 

Estava a ver a lista e perguntei à simpática Isabel:
- Posso trocar um ingrediente?
- Lamento mas não, política da casa.
- Hmm...OK. Então quero acrescentar um por favor.
- Também não pode (fazendo cara de quem me está a dar muitas negas e nem o queria fazer).
- Mas tem aqui o preço dos ingredientes, trocando ou tendo de adicionar, eu pago.
- Não podemos mesmo. Pode é fazer a pizza ao seu gosto.
- Então deixe ver... Mas só a base é o valor da pizza que eu quero! Assim a mesma pizza fica ao dobro do preço!
- Pois...

Basicamente, um restaurante de porta aberta, não pode trocar ingredientes em pizzas...e pior, não aceita adicioná-los (pagando)! É o mesmo que escolhermos um bife que diz que acompanha com ovo, arroz e batata...pedir salada em vez de batata e dizerem que não pode ser, nem a pagar. Ridículo. Não tenho, nunca tive, nem hei-de ter paciência para estes preciosismos. 

Se alguém me souber explicar o porquê disto acontecer, para eu não achar uma perfeita anormalidade, agradeço. E não me falem em confundir a cozinha com os pedidos, que têm muita gente, etc., não faz sentido. Não abrissem portas.

E para terminar, pede-se uma Coca-Cola e a simpática Isabel diz, já a medo, "pode ser Pepsi?". Pronto, eu disse-lhe que não voltava lá. "Então traga-me uma 7up por favor". E diz a Isabel "só de pressão". E eu pensei...foda-se.

Qual o destino da mulher inteligente?


O Autor demarca-se da barbaridade aqui descrita.

Querem ir à Sagrada Família mas não têm dinheiro?

Ou têm dinheiro para ir a Barcelona mas não têm é paciência para ficar em filas intermináveis para ver alguns pormenores desta obra inacabada? Ou já foram e este artigo do tasco é (mais) uma desgraça?

Se responderam "sim" a uma das duas primeiras questões, o Simão Escuta traz-vos a solução. 
Se responderam "não", quero dizer-vos que não merecem o Autor que têm. E que, mesmo assim, não viram a Sagrada Família com este...requinte.

Alguém andou a brincar com um daqueles mini helicópteros...eis o resultado:


Nem Antoni Gaudí algum dia pensou ver assim a sua obra.

"O drone tirou milhares de fotografias ao monumento mais visitado de Espanha e conseguiu uma nova perspetiva do templo, que pode ser vista num vídeo de cinco minutos.
Alberto Castaño e Luis Caldevilla foram os responsáveis pela captação de imagens, utilizando a técnica "time lapse". As luzes e as sombras de uma cidade e de um templo com muita história apresentado em imagens aéreas, captadas por uma máquina capaz de oferecer pontos de vista inéditos."
Fonte: DN



Cuecas do Benfica, alguém?

Rosa Cueca decidiu entrevistar-me. A rubrica chama-se “O que dizem os teus boxers?”. Toda a verdade aqui.

Alguns excertos:

Estás em casa, a tua mãe esqueceu-se de te pôr boxers a lavar, o que fazes?

Devido à minha emancipação, isso actualmente seria era problema para aborrecer o Coronel, mas eu emprestava-lhe umas cuecas XL, das minhas. Vestimos o mesmo. Agradeço muito ao meu Pai ter-me abençoado com este menir, é genético. 
Mas se ficar sem cuecame em casa, saio em versão natura, tipo Sundae sem cobertura.


O macaco Gervásio demora 3 minutos a dobrar meias, e tu, quanto tempo precisas?

Essa questão é uma falsa questão. O macaco Gervásio foi ensinado e tinha teleponto. Eu tenho de fazer tudo sozinho, e é normal que algumas meias sejam mais complicadas que outras. Não vejo necessidade de trazeres a minha intimidade para aqui. Uma coisa é falar de truces, outra é de meias. Mas…uma meia por minuto. Um par por minuto e meio.


Benfica campeão ou uma noite com a Adriana Lima?

Quem disser que prefere a Adriana Lima é um grandessíssimo roto. Em Maio, 33 é no Marquês. Benfica campeão, sem sombra de dúvidas. Prioridades…há quem as tenha trocadas, mas não contem comigo para isso. 


Qual o boxer/truce/cuecame mais ridículos que tens?

Por “ridículo” queres dizer “espectacular”? O meu tio mais velho (e padrinho), há uns anos, durante um Natal em família, deu-me um embrulho e disse: já que eles não marcam golos suficientes, toma…marca-os tu. Isso. Truces com o emblema do Glorioso.


A verdade sobre a renúncia do Papa

O mundo tem-se desmultiplicado em teorias acerca da renúncia do Papa Bento XVI. Uns dizem que ele está cansado. Outros dizem que o mordomo (Vatileaks) tem o homem pelos tintins e o melhor é renunciar. Ainda há quem ache que foi um golpe para assumir a presidência dos viscondes.
O Simão Escuta, numa inside information, vem agora revelar toda a verdade. Preparem-se:


Chegou por email, em várias imagens e sem explicação. O Autor deu os retoques necessários.

Querem ir a Londres mas não têm dinheiro?

Depois de vos oferecer o Dubai, o Autor vem agora oferecer Londres. É verdade. Uns prometem, outros cumprem. Uns têm cabelo comprido, outros são extremamente atraentes e altos como eu. É esta dicotomia da vida que nos dá alegria. Ahhh... Adiante.

São mais de 48 mil frames e 320 gigapixéis que formam a maior fotografia panorâmica do mundo. 
Durante 3 dias de fotografias e 3 meses de montagens, ficamos com a cidade de Londres no computador, com um detalhe impressionante. Se imprimirem a imagem, comprem tinteiros extra. É coisa para ter uns 98 metros de largura e 24 de altura.

Créditos a Jeffrey Martin, Tom Mills e Hoger Schulze, que utilizaram quatro câmaras Canon EOS 7D, lentes EF 400mm f/2.8L IS II USM e uma base robótica Rodeon VR Head ST no topo da BT Tower, o edifício mais alto (189 metros) lá do sítio.

Londres em 360º, aqui.


O segredo de Ola John


Ser visconde...deve doer

O Sporting, em vez de, como é hábito, escolher perder o campeonato no Natal, optou pelos duodécimos e perde em todas as jornadas.

Jantar de curso em democracia


Ontem, no ISCTE, o ministro Miguel Relvas foi impedido de discursar. Ele que fora convidado pela Universidade.
Um grupo de alunos fez uma manifestação espontânea, democrata e…anárquica.

É verdade que o País está em crise. É verdade que a coisa está preta para muita gente. É verdade que os alunos têm menos apoios. É verdade que Miguel Relvas tem uma licenciatura estranha. É verdade que o FCP ficou marcado e provado como corrupto para sempre. É tudo verdade. Mas a nossa sociedade tem regras.

A perseguição a Relvas faz (algum) sentido, porque o povo não aceita que se tirem licenciaturas assim. Mas…quantos estão, não só no Governo, nas mesmas condições? E mais, não existem personagens da nossa sociedade que, realmente, são responsáveis por termos chegado onde chegámos? Foi o Relvas? Acho que não. Esses outros é que não podem andar de cabeça levantada na rua. Ou não deviam, porque a própria sociedade é que os devia marginalizar, grandessíssimos filhos da puta (e não é estar a gabá-los) que deram golpes de milhões. Ou então penitencio-me já pelo vernáculo utilizado, porque simplesmente desapareceram milhões de euros da face da Terra. É como desaparecer-me a caneta que tinha na secretária. São coisas que acontecem.

Democracia é podermo-nos manifestar. Mas democracia não é impedirmos alguém de falar e de, quem sabe, até tentar explicar-se. Ao impedirmos que os outros também vivam em democracia, então não nos estamos a portar bem.

Deixo-vos com a fotografia do último jantar do curso de Miguel Relvas:


Piada Farsola #35 - vestida para o amor

Chega a mãe a casa e, ao ver a filha toda nua, diz-lhe:
- Oh minha filha! O que é isso? Toda nua?
Responde-lhe a filha:
- Não mãezinha, eu estou vestida para o amor!
A mulher lá resolve fazer o mesmo para o marido. Ele bate à porta, ela abre toda nua e ele diz-lhe:
- Oh Maria, o que é isso? Isso lá é jeito de vir à porta.
- Oh querido, eu não estou nua, estou vestida para o amor! – diz-lhe a mulher.
- E olha lá, não podias ter passado isso a ferro?

Harlem Shake é péssimo. A não ser que exista versão Visconde

Querem ir ao Dubai mas não têm dinheiro?

Venham aqui. É quase igual.

Através dum conjunto de super-hiper-mega fotografias, conseguimos ver o Dubai em 360º, com zoom e tal. Foram tiradas no maior edifício do mundo, o The Burj Khalifa, com 828 metros. Mais ou menos o mesmo que a Torre das Antas tem em matéria de corrupção.


Obra do fotógrafo Gerald Donovan, em honra ao HIPA, um festival de fotografia que vai decorrer em Março nos Emirados Árabes Unidos, neste caso no Emirado do Dubai.

Não digam que vão daqui.

O que realmente aconteceu na Rússia


Alguém andou a brincar onde não devia...

Nunca perdi um jogo, apenas fiquei sem tempo

Quem o diz é Michael "Air" Jordan, o génio dos relvados de basquetebol. Faz hoje 50 anos, quase meio século de vida. Um dos maiores desportistas da história. O homem que, aquando da primeira retirada, me fez ir à loja de informática das Galerias do Alto da Barra para comprar um jogo de computador dele, ainda em disquetes, salvo erro. Era um puto, mas queria guardar uma "recordação" dele.

É um senhor. Aqui ficam algumas das suas grandes frases, numa boa reportagem do Mais Futebol


«Para se aprender a ter sucesso tem-se primeiro de aprender a falhar.»

«Todos têm talento, mas a capacidade exige trabalho árduo.»

«Falhei mais de 9000 lançamentos na minha carreira. Perdi quase 300 jogos. Por vinte e seis vezes foi-me confiado o lançamento decisivo do jogo e falhei. Falhei vezes e vezes e vezes na minha vida. E é por isso que tive sucesso.»

«Se estás a tentar atingir algo, irá haver obstáculos. Eu encontrei-os; todos os encontram. Mas os obstáculos não têm que travar-te. Se correres em direção a uma parede, não voltes para trás desistindo. Descobre como subi-la, atravessa-a, ou faz por isso.»

«Nunca olhei para as consequências de falhar um lançamento importante... Quando se pensa nas consequências pensa-se sempre no resultado negativo.»

«Eu jogo para ganhar, seja em treino ou em jogo a sério. E não vou deixar nada intrometer-se no meu caminho e do meu entusiasmo competitivo para ganhar.»

«O talento ganha jogos, mas o trabalho de equipa e a inteligência ganham campeonatos.»

«A parte boa de ser famoso é poder ajudar pessoas. A parte difícil é termos de estar todos os dias bem dispostos porque é isso que as pessoas esperam. Aprendemos a ser bons nisso.»



Eterno 23.

Torcedores

Reuniões de Direcção do Simão Escuta são assim:

Comentário elevado a post #11 - queixume de mulher

A respeito da Piada Farsola de ontem, Entre namorados, a leitora xavi deixou o seguinte comentário: "Ah! Então é por isto que o meu namorado não me dá beijos de língua...!".

Segundo o Señor B, o Autor deu a melhor resposta de sempre (segundo ele, merecedora dum Nobel e duma empada). E foi assim:

POC: "As mulheres devem pensar primeiro nas razões pelas quais os namorados não as satisfazem. E quando pensam, devem lembrar-se que o problema é delas."


A empada?

A fotografia, a crise e o meu problema crónico

Vou começar pelo fim.

Hoje vim jantar aos meus pais. Pensei: "quando terminar, vou fazer um artigo sobre o português que ganhou um prémio no World Press Photo. Sou um gajo que gosta de informar o leitor, vou avançar isto em primeira mão, de certeza".
Estamos a meio do jantar, pumba, nas notícias resolveram falar disso. E diz a Mãe "ah, sim, o Português...ficou sem nada". E foi aqui que eu percebi que é oficial: tenho um problema de timing. Isso e não existir Facebook na minha cabeça (apenas o Facenice do Simão Escuta), ou seja, esqueço-me que, durante o dia, toda a gente fala de tudo.

Bom, mas eu ia escrever e vou.

Daniel Rodrigues ganhou um prémio no WPPhoto, na categoria Daily Life. 

Fantástico!
Ao que parece a vida não lhe corre bem. Teve que vender o material fotográfico, cá em Portugal a coisa não dava... Mais um que só sobressai lá fora. In your face, Passos Coelho (ideia retirada do Aventar).

Lisboa Vila Morena

Um grito de revolta hoje na Assembleia. Uma manifestação original e que, ouvida na rádio, teve em mim impacto bem positivo. Quase deu vontade de lá estar.

A Presidente da Assembleia da República (das Bananas) teve de intervir. Compreende-se.

Imagem retirada do Aventar

Piada Farsola #34 - entre namorados


Estava um casal de namorados a namorar quando o rapaz tem uma tremenda vontade de escarrar. Pensa ele: 
- Bem, se eu escarro para o chão ela chama-me porco; se eu engolir é nojento.
De repente a rapariga dá-lhe um tremendo beijo na boca e diz: 
- Apanhei-te a chiclete. Apanhei-te a chiclete!


Cuidado com as surpresas

Blade Runner, o sul africano de 26 anos que foi amputado nas duas pernas aos 11 meses e se tornou o primeiro a participar, nessas condições, nos Jogos Olímpicos, é suspeito de ter morto a sua namorada. Tudo porque, segundo as primeiras informações, Oscar Pistorius confundiu a namorada com um assaltante, quando esta lhe apareceu em casa durante a noite para uma surpresa de Dia dos Namorados.


A namorada, Reeva Steenkamp, 30 anos, era modelo e perdeu a vida.

Oscar, estás numa grande embrulhada. A história é muito estranha. Vais alegar o quê? Que é impossível teres sido tu a correr atrás do suposto assaltante porque não tinhas o equipamento posto?


Notícia em Português aqui, e em Inglês (com mais detalhe) aqui.

Futebol Vs 14 Fevereiro

Sabes que gostas mais de futebol que da tua mulher porque...



...o importante são os três pontos. O ponto G não sabes o que é;
...um adepto pode perdoar tudo ao seu clube, já a tua mulher irrita-se por uma simples loiça que não lavaste;
...já pensaste em tatuar "Why always me?" no teu corpo mas nunca te dignaste em meter a foto da tua mulher como plano de fundo do teu computador;
...o teu clube nunca ficará aborrecido por estares agarrado ao sofá, de barba por fazer e no teu fato de treino velho no dia 14 de Fevereiro. Já a tua mulher fica histérica;
...a Liga dos Campeões e uma pizza é muito menos caro que uma saída a um restaurante com a tua mulher... que sai do teu bolso;
...sabes o que é ter o sentimento de meteres a tua vida em jogo num jogo importante. Nunca tiveste essa sensação numa sala de cinema;
...já seguiste o teu clube até ao cú de judas, mas ir até a casa dos teus sogros é um frete do camano;
...não te lembras de ter chorado nos braços da tua mulher. Mas lembras-te perfeitamente de ter chorado nos braços dos teus amigos apos uma vitória obtida no ultimo minuto;
...podes gritar durante um jogo "PASSA A BOLA, CARALHO!!!", mas se gritas à tua mulher "PASSA-ME O PUDIM, CARALHO!!" arriscas-te a passar um mau bocado;
...nunca passeaste com uma camisola com o nome da tua mulher nas costas.



David Duarte, residente em França, traduziu no Cabelo do Aimar o texto original, daqui.

E em Novembro...


Deixo-vos com o artigo de há um ano atrás. Sempre actual.



É dia dos namorados! Upa! Yupi! Hi5! Facenice!

Pois é. Chegou o dia. Dia dos Namorados. Que felicidade. Mas quanta alegria dentro de mim. Só me faltam os pontos de exclamação no final destas frases.
Sinto-me a encher, tipo balão, de tanta felicidade. Preciso libertar esta tensão. Alguém que me rebente com uma agulha. Alguém. Esperem, se der fenómenos de eructação talvez sirva. Brpe. Ahhhh...cumós ricos. Eructação é, para vós leigos, arrotar. E não me venham cá dizer "ah, és tão prepotente e convencido, achas que eu não sabia o que era isso?!". É que se já sabiam, peço que se retirem, porque não admito gente erudita neste tasco. Eu só soube porque foi o Anónimo quem me explicou.
Agora mais aliviado, posso continuar.

Estava eu a dizer que hoje é o Dia dos Namorados. O Dia mais feliz para eles. Ou um dos mais felizes.
Todos os casais estão apaixonados, todos são lindos, todos são maravilhosos. E todos vão ao mesmo restaurante. E todos vão dar beijinhos na boca. E todos vão dar as mãos. E todos vão ver se têm sorte no final da noite.

Eu pessoalmente nutro um carinho muito especial por este dia. Gostava mais era que os restaurantes estivessem todos fechados. E que os floristas estivessem em greve. 
Talvez assim a malta percebesse que o Dia dos Namorados é todos os dias. Ou deveria ser. E acabava-se com este consumismo absurdo.

Experimentem oferecer um presente só porque sim, sem motivo. Vão ver que terá muito mais valor, por muito "insignificante" que seja.

Por isso, que caia uma bomba em cima do Dia dos Namorados!


Até porque detesto ver tanta gente feliz...dá-me náuseas...

PS: vocês têm 1 dia, eu tenho 364.

A Justiça às vezes é estranha


Há dias fui parar à PSP. O caso podia ser bastante grave e só não teve outros contornos porque realmente era um caso banal.
A minha entidade empregadora (salvé) necessitou dum Legal Representante para, lá está, representar a empresa num processo que moveram contra nós.
“Precisamos de alguém para ir à PSP, parece que nos moveram um processo. O rapaz tem de ir lá responder às perguntas dos tipos.”
“Manda aquele…o anão, pode ser que tenham pena dele e tudo.”

Levei uma credencial para comprovar que podia “falar” em nome da empresa e lá fui eu. Fizeram-me umas perguntas e eu dei umas respostas. E depois apareceu um “olhe, vai ser constituído arguido, não se pode ausentar do País sem comunicar, etc. e tal”. Depois o senhor agente começou a ler os meus direitos e pôs-me as algemas. Quer dizer, esta última parte pode não ter sido exactamente assim, mas pareceu. Até porque as algemas não servem aos anões. O senhor agente utilizou pulseiras Power Balance.

“Então mas eu só venho em nome da empresa, não tenho nada que ver com isto. Aliás, tirando aquela vez há 20 anos, em que fiz a minha mana acreditar que a tínhamos recolhido dum caixote do lixo e que não éramos sua família, não sou aldrabão.”
“Ah pois, mas as leis são assim.”
“Não não. Quanto muito é o chefão da sociedade que deve ficar como arguido, não eu.”
“Sim, mas o Pinto da Costa continua aí solto, não é? Alguém tem de ir dentro.”
“Ah, pois. Então boa tarde e obrigado.”

Entretanto o caso era tão grave que passados mais uns dias foi arquivado. E eu voltei a ver a luz do dia. Foi duro reentrar na sociedade, mas aqui estou eu.

Piada Farsola #33 - 3ª feira de Carnaval

Esta é a história dum camionista que viajava por todo o Brasil e o seu lema era: "O MEU NOME É JOÃO, SOU DO MARANHÃO, SOU GOSTOSÃO E ENTROU NA MINHA BOLEIA, NÃO TEM PERDÃO".

O João já estava há dois meses a viajar pelas estradas, em jejum, não conseguia arranjar nenhuma mulher. Eis que, de repente vê à sua frente uma freira, novinha, bonitinha, a pedir boleia. Ele pensa: "Que Deus me perdoe!". Parou o camião e a freira subiu.
- Bom dia, meu filho! Acha que me pode levar à cidade mais próxima?
- Bom dia, dona freira! Claro, mas...meu nome é João, sou do Maranhão, sou gostosão e entrou na minha boleia, não tem perdão!
- Calma, meu filho! Aqui à frente está reservado para Deus, mas atrás está livre.
E o João fez a freira. Conduzindo pela estrada, o João ficou a pensar no que tinha acabado de fazer, quando de repente a freira disse:
- Meu filho, pode parar aqui, fico já aqui. João encostou o camião pediu desculpa à freira:
- Dona freira, desculpe o que fiz, que Deus me perdoe, mas a senhora entende como é ficar solitário muito tempo… A freira respondeu:
- Não faz mal, porque O MEU NOME É JUVENAL, SOU DE NATAL, SOU HOMOSSEXUAL E ESTA É A MINHA FANTASIA DE CARNAVAL.

Machos de algibeira


Aviso: este artigo é meio roto, por causa da bicheza dissimulada dalguns machos (e não estou a falar de escuteiros)

Desde miúdo que, no meio dos grandes machos deste país, ouvia comentários depreciativos acerca das mães uns dos outros, acerca do tamanho das pilas alheias ou da falta de jeito para o futebol. Faz parte do crescimento. Digo até que estes factores são parte fundamental da construção equilibrada e saudável do homem. Até aqui, tudo bem portanto.

O que nunca compreendi foi que, alguns dos grandes machos da sociedade, desde a adolescência até à fase adulta, digam que sodomizar outro homem (interpretar isto como, por exemplo, “ah o Roberto foi o último a chegar, ele que baixe as calças”) é normal. Ou melhor, que não se é panuca por tirar prazer doutro homem, desde que ele faça de mulher.

Ora, eu só queria dizer aqui uma coisinha, que já disse pessoalmente a alguns destes machos: é tão roto quem leva como quem dá. Um abraço.


Sempre actual


O Proença é que gama. Versão remix. Gargalhada garantida.
A utilização deste vídeo não dispensa a consulta das condições gerais*.

* que dois pontos tão mal perdidos. Culpa nossa! As expulsões é que foram vergonhosas. É sempre o mesmo, o melhor do mundo, menos contra nós.

São 5 no Continente...

...menos 1 nos Açores.

Imagem enviada pela RS e original do Salão Neurótico

E com os da Madeira, o Sporting de Lisboa já perde ao intervalo.

Comentário elevado a post #10 - ainda os escuteiros

"POC, estás a habilitar-te, ainda levas com um berloque na tola"
"Epá já chega! Ou é o Sporting ou são os escuteiros, ganha uma vida seu anormal!"

Tudo certo. Mas a Fada Sininho merece esta distinção.
Diz ela acerca dos escuteiros:

"Eu não gosto de escuteiros. Sempre que têm reuniões ocupam todos os lugares da minha rua e depois não tenho onde estacionar o carro. 

E esse anónimo é parvo. "


Ora, isto é gravíssimo. Os escuteiros andam a ocupar lugares de parqueamento pela cidade. E a Fada Sininho chega a casa e não consegue parquear a viatura. E por isso, acaba por ir a pé para casa, ao frio.

Ninguém me tirava da ideia que escuteiros é gente estranha. E agora descubro isto...

O que fazer quando o chefe aparecer

Em mais uma rubrica (sem acentuação pah!) de Serviço Público, o Autor vem mostrar como é que se faz quando o chefe aparece e vocês estão na rambóia. Mais vale não estar do que não parecer...
Atentem bem nisto:


Comentário elevado a post #9 - escuteiros

A respeito deste artigo sobre os escuteiros, um Anónimo deixou o seguinte comentário:


"Meu grande anormal, para não te chamar outra coisa. Tens a mania que és fino e que podes brincar com tudo e com todos. escondes.te sobre um nome ficticio porque és um cobarde que não os tens no sitio para colocares o teu nome.
criticas os escuteiros? talvez um dia ainda venha a precisar deles, quando passares por necessidades e eles forem ter contigo para te auxiliarem se exigir nada em troca. és mesmo anormal e retatdado. se houvesse mais voluntarios como os escuteiros neste pais, isto não estava como está. sei também que não vais ter a coragem de colocares este comentário visivel no teu pseudo-blogue, mas pelo menos ficas a saber o que eu penso de ti, meu atrasado mental."


Antes de mais, queria dar-te um abraço. Não é todos os dias que tenho alguém a dizer que me escondo sob um nome fictício, quando tu assinas como anónimo e eu sou o POC e tenho aqui fotografias do meu primo gémeo que está emigrado no Turquemenistão.
Como podes ver, tens também o comentário lá no artigo sobre a bicheza dos berloques.

Eu não sou fino. Já fui. Estava em grande forma nos meus 23 anos. Antes de sair de casa, ficava sempre 2 minutos a olhar-me ao espelho a contemplar-me. Hoje já não tenho espelhos em casa, só os ponho quando voltar a malhar e a ficar no ponto. Mas obrigado pelo reparo.

Sobre os ter no sítio, é assim, estive a investigar e realmente um dos testículos está sempre mais abaixo que o outro, não é por isso que as minhas esferas estão fora do sítio. Quanto ao menir, nem falo, já todos sabem o monumento que é.

Agora a parte do pseudo-blogue, aí tudo bem. Quando me criticam com razão, merecem tudo.

Dá cá outro abraço. E olha, quando fores para as aulas do 7º ano podes tirar os berloques. Isso é para usares na mata.

Piada Farsola #32 - trabalho ou prazer?

O Presidente de certa empresa, casado há 25 anos, está com uma grande dúvida:
- Fazer amor com a própria mulher, depois de tanto tempo de casamento, é trabalho ou prazer?
Na dúvida, ligou ao Director-Geral e perguntou. Por sua vez, o Director ligou ao Sub-Director e fez a mesma pergunta. O Sub-Director ligou ao Gerente e fez a mesma pergunta. E assim se seguiu a corrente de ligações até que a pergunta chegou ao Sector Jurídico e o Advogado perguntou, como é normal, ao Estagiário que estava todo atarefado a fazer mil coisas ao mesmo tempo:
- Rapaz, quando o Presidente da Empresa faz amor com a mulher dele é trabalho ou prazer?
- É prazer, Doutor! – respondeu prontamente o estagiário.
- Como é que você pode responder a isso com tanta segurança e rapidez?
- Se fosse trabalho, já me tinham mandado a mim.

Divórcio ou Crise? Qual o pior?


Ecuador.

Em dia de jogo, a Selecção prepara-se para enfrentar o seu adversário Equador. Que somos, claramente, favoritos, não há dúvidas. Em entrevista oficial ao Simão Escuta, a Miss Equador 2012, afirma que está pronta para o que der e vier.
 

 
Mais para o que vier...

Em defesa dos gatos (e das Gatas)


Como alguns sabem (os que visitam o tasco há mais de 3-15 dias), não tenho Facebook. Esse factor faz com que perca importantes novidades do que realmente se passa no mundo. Porque as notícias da RTP, SIC, Diário de Notícias, Expresso, Lusa e etc. não são suficientes.
Cheguei a esta conclusão depois de perceber que há dias, andou meio mundo a falar dos gatos que andavam no Facebook. E eu sem perceber nada. Não sei qual foi o tema ou a problemática. Apenas sei que muita gente detesta gatos, porque eles “assim e assado”, porque “não são de confiança e tal”.
As coisas não são assim. Os gatos também podem ser grandes companhias. Não são tão amados porque só fazem o que querem, quando querem. E as pessoas normalmente querem alguém que lhes obedeça a 100%, em qualquer altura.

Pessoalmente, não me importo de ter alguém que goste de mim mas não me bajule o tempo todo. E gosto de cães! Mas gosto muito de gatas e estou aqui para defendê-las dalguma coisa, mesmo que não saiba qual seja o ataque:


Como entender uma mulher

Um dos grandes temas do Universo é a dificuldade que se tem em entender uma mulher.

Ela quer, mas não quer muito.
Ela gosta, mas não assim tanto.
Ela quer estar connosco, mas só às vezes.
Ela gosta de ir uns dias para fora, mas em segredo.

Um tipo pensa: bom, sendo assim, que se lixe, que já não vou a lado nenhum.
Mas afinal, o tipo devia ter percebido que ela queria, que ela gostava.
E o tipo tem vontade de dar um tiro no céu da boca, de tão estúpido que é. Ou isso ou dela só agora se ter explicado.

A pergunta é: quantos homens não se sentiram já desta forma? “Mas porque razão ela não DISSE?! Porque é que tenho sempre de adivinhar tudo? A sério, vou mas é comer uns medalhões de vaca”.

Após muita investigação, o Simão Escuta vem apresentar a solução para o homem entender, claramente, o que se passa com a mulher. A sua ou a emprestada.
Atentem no Serviço Público e nas horas de trabalho desenvolvidas para isto:


Vou doar o corpo à Ciência

Amostra a 90%


3 meses e meio disto. A cortisona é minha melhor amiga.
Segunda-feira vou consultar o Dr. House. Ou isto tem solução ou dou um tiro no palato e entrego o corpo à Ciência.

Ficam com belo espécime. Com dieta, desporto e mais 10 centímetros podem fazer uma estátua. E entretanto tentem descobrir que raio se passa aqui. Já foi asma, infecção respiratória, refluxo, faringite espástica, unha encravada, furúnculo no escroto, cabelo mal rapado...foi tudo. 

Agora convém então resolver isto. Até porque a América do Sul espera-nos em Março...






Vai um donut?