Rescaldo das eleições, Parte 3 (sabem quanto vale o vosso voto?)

Já alguma vez se perguntaram qual o volume de negócio envolvido nas eleições? Sabiam que cada voto é pago, que tem um custo? Sabiam que, ao votarem, estão a dar dinheiro aos partidos?

Nestas eleições, só o PS deverá arrecadar mais de 25.000.000 € para os próximos 4 anos. Sim, mais de 25 milhões de euros. Mais de 7 milhões/ano.

A coisa funciona assim:

O Estado (nós) paga, por cada voto, e por cada ano de legislatura (as eleições são para 4 anos), 1/135 do salário mínimo nacional. Isto são 3,6 € por ano, 14,4 € para os 4 anos. Repito, por voto. 
No caso do PS, com mais de um 1.750.000 de votos...chegamos facilmente aos 25 milhões.

Os votos em branco revertem também para os partidos políticos.

Poderão verificar aqui a fonte, em 2009. O desfasamento de valores diz respeito à diferença do ordenado mínimo de há 4 anos até hoje.

Não sei se é justo ou não. Não percebo grande coisa de política. Mas custa sempre pensar que, mesmo sendo necessário apoiar financeiramente os partidos (!), estamos a alimentar muita coisa errada...

Rescaldo das eleições, Parte 2 (análise de resultados)

Entre abstenção (que nalgumas zonas superou os 60%), votos brancos e votos nulos, temos um total de 54%. Ou seja, mais de metade dos eleitores existentes no País. 
- não querem saber de política, estão-se a marimbar para o dever cívico e criticam porque...sim;
- cansaram-se dos escândalos que existiam e continuam a existir...e desistiram.

Em qualquer um dos casos, é triste. Mas triste a um nível global. Triste porque se deve sempre votar, mesmo que em branco. E triste porque realmente muita gente já se questiona se vale a pena, atendendo ao que se passa e a não se verem alternativas credíveis. 

A nível dos resultados propriamente ditos, impressionante verificar que o PS tem 36% do total de votos, contra apenas 16% do PSD. A diferença é abismal. 

Os Independentes, com mais ou menos apoio, estão em crescendo. E isso leva-me a dizer o que já penso há muito tempo: mais que partidos, interessam pessoas. 

Porque tirando alguns políticos caídos do céu (OK, não são alguns, são muitos, demasiados) que sempre foram parasitas e construíram uma vida não de defesa do País, da verdade e da democracia, mas que construíram uma vida para si próprios, todos estudaram mais ou menos as mesmas coisas, todos têm boas noções de Economia e Gestão. Só que uns são mais sérios que outros. E é nesses que convém apostar. O problema? Hoje em dia mais parece um jogo de atirar a moeda ao ar.

Carrega Portugal. Apesar de tudo, que seja um momento de viragem.

Rescaldo das eleições, Parte 1 (festa na Carregueira)

E Portugal é isto. Após a confirmação da vitória de Paulo Vistas em Oeiras, o povo saiu à rua e foi festejar para junto da prisão da Carregueira, gritando por Isaltino.

Fico à espera do dia em que os pedófilos também vão lá gritar pelo Carlos Cruz, Ferreira Diniz e Jorge Roto Ritto.

Phil Dunphy, novo Presidente da Câmara do Porto. Parabéns. Não nos faças rir.


Se a final do Mundial 2014 for Brasil - Portugal...

...a bola será esta:


Só é preciso Portugal chegar lá. Porque não merece.

iPhone ou Android? Hmmm...


Lapidar - exigência no Benfica

"Gozam com Damásio...com os tempos do Vale...do Vilarinho. Não tínhamos nada, éramos uns coitadinhos, mas tínhamos uma coisa que perdemos e dificilmente voltaremos a recuperar. Exigência. Éramos exigentes. Queríamos ter o direito a sonhar. E sabíamos exactamente o clube que apoiávamos. No 1º ou no 6º lugar. 


Eu já não sei o que raio estou a apoiar. E isso dói mais que qualquer golo do Kelvin aos 92 minutos.", por Shoky, no Eterno Benfica.

O empate do Benfica tem coisas positivas:


A verdade (com provas) sobre a data de fundação do FCP

Assinado por Pinto da Costa em 1985, o documento diz (em cima, à direita) que foram fundados em 1906



Bilhete de jogo onde indicam a data de fundação, 1906





"Recebi hoje através de um amigo Portista de coração alguns documentos importantes, que demonstram e provam a verdadeira data de Fundação do F.C.Porto, clube fundado por pessoas de bem, trabalhadoras e que nada mais desejavam do que aprender a jogar futebol.

Nos dias de hoje, meia dúzia de pessoas apagaram ou tentaram apagar da história a real data de fundação do clube, tal como apagar da história os nomes daqueles que por bem e com vontade apenas de praticar o bem fundaram o Clube que em tempos foi honesto e que orgulhava a cidade que ostenta o nome:


O Extinto semanário "O Tripeiro", que se devotava com carinho a remexer velharias históricas da cidade do Porto, publicava em 1 de Março de 1926 uma interessante exposição por António Martin, funcionário superior do Governo Civil e sócio fundador do F.C. Porto,. que por ser valiosa e competente, merece ser focada a sua história:
    Transcreve-se, portanto como como pormenor elucidativo e preliminar valioso o que nos afirma António Martins:



Por achar interessante vamos descrever como foi organizado o Football Club do Porto, o brilhante grupo desportivo que tanto tem honrado o nome da nossa terra.
    Sentimos grande contentamento em fazer esta descrição, não só pela honra que temos em ser um dos instaladores daquele club como também evocarmos uma época saudosa da nossa descuidada mocidade.
    
    Existia há trinta e tal anos, no l'orio, o Grupo do Destino, composto de uma rapaziada alegre, ruidosa, entusiasta, buliçosa, cuja missão, era divertir-se após as horas de trabalho.
Não havia local onde bem se comesse e onde bem se bebesse que o Grupo do Destino não conhecesse!
    Rima e era verdade! Aquilo eram bons estomagos e bons gastrónomos! Partidas, piadas, blagues bom humor, tal era o programa do Grupo do Destino.
    As suas festas marcavam pela originalidade e decorriam sempre cheias de entusiasmo! Com que recordações lembramos essa mocidade cheia de alegria e entusiasmo!
    Um dia, o presidente do grupo, isto pelas alturas de 1904 ou 1905, o saudoso José Monteiro da Costa, foi com seu pai visitar a Espanha, França e Inglaterra.
nas constantes epistolas que nos enviava com notas da sua viagem, descrevia com entusiasmo um jogo de bola a que tinha assistido em Inglaterra, e que logo que chegasse ao Porto nos daria algumas explicações afim de também o jogarmos.
    Anunciada a sua vinda um grupo de amigos sinceros, pois Monteiro da Costa de tudo era merecedor, foi espera-lo a Ermesinde. Foi uma alegria doida a sua chegada. Monteiro da Costa, até ao Porto descreveu rapidamente as impressões da viagem, tendo frases as mais entusiásticas, para o tal jogo da bola, que muito o interessara e que era nem mais nem menos que o foot-ball.
    Ouvi-lo e resolver que o Grupo do Destino organizasse um grupo de foot-ball foi obra de um momento.
    Os presentes já sabiam que com o que fosse resolvido todos concordavam: 
a divisa do grupo era um por todos todos por um.
    Passados dias organizou-se a reunião magna de todos os sócios para tratar do importante assunto - a instalação do grupo de foot-ball.
    Com as Costumadas piadas falecias blagues, etc., apareceram de entrada dois obices a resolver: - 1º, o desconhecimento completo, por parte de todos os sócios de tal jogo, e a falta de capital, pois, com toda a sinceridade o dizemos a maioria dos sócios eram alegretas mas...  pobretas!
    Como se sabe, no Porto, o foot-ball era quase desconhecido. Somente existiam dois Clubs onde se fazia esse jogo, que eram o Oporto Crickett e o Boavista Foot-ball aquele composto pela rapaziada das casas comerciais estrangeiras desta cidade, e este pelo pessoal da fábrica Graham, na Avenida da Boavista.
    Estes Clubs várias vezes se encontraram em desafios nos seus campos de Foot-ball.



Foi logo nomeada a comissão administrativa  para dirigir os negócios do club, ficando na presidência José Monteiro da Costa, e como secretário, o autor destas desataviadas linhas.
    Nessa ocasião, foi também escolhida a côr da "equipe", e caso curioso apesar da maioria dos sócios instaladores ser republicanos  - alguns até comprometidos nas conspirações - a história recaiu no azul e branco, pois eram as cores da bandeira nacional.
    Foi alugado um bocado de terreno na rua Antero de Quental, onde os sócios instaladores se iam treinando no jôgo.
Um dia apareceu no club um italiano - Catulo Gadda - empregado na fábrica mariani, ás Devezas disposto a jogar. Foi recebido de braços abertos pois era alguém que conhecia o foot-ball. Era um explendido defesa, pelo pontapé forte que possuía.
    Já tínhamos dois onzes, mas pouco fazíamos. Pois se não tínhamos nascido para aquilo...
Certa tarde andávamos no campo treinando, e alguém nos comunicara  que um cavalheiro desejava falar-nos. Fomos ter com esse cavalheiro e reconhecemos a vontade que tinha de nos ver jogar.
Mostramos-lhe o pouco conhecimento que tínhamos de foot-ball e passados minutos o tal cavalheiro concordava que realmente ainda estávamos um pouco atrasados na técnica do foot-ball...
Mr. Cassaigne, ilustre súbdito Francês, muito conhecido nesta cidade e que era o cavalheiro que desejou ver jogar, foi muito amável na apreciação que fez do nosso jogo, pois não estávamos atrasados estávamos atrazadissimos...
    Conhecendo a boa vontade de mr. Caissagne em prestar-nos os seus serviços, pedimos para tomar a direcao técnica do football, a que acedeu com todo o entusiasmo . Não fomos só nos os , mr. Cassaigne
    Entrou para sócio o conhecido desportista Rómulo Torres, que imediatamente propôs também, entre outros António Calem, Antunes Lemos, António Sá, Eduardo Vilares, Nuno Salgueiro, e António Campos, que conheciam muito bem o football António Campos, que conheciam muito bem o football. E, assim com todos estes elementos, j]a se via aos domingos o campo- já agora o tamanho que as regras indicavam todo cheio de uma afluência que ali corria para ver com todo o interesse as varias fases do football. Romulo Torres, sempre disposto a ao levantamento do club, organizava constantes desafios com os dois clubs que existiam  o Oporto Crickett e o Boavista, e assim o football Club do Porto inicia a sua carreira auspiciosa.
    Dos instaladores ainda sao vivos, parecendo/nos porem que nenhum e sócio Amadeu Maia, jornalista: Cândido Pinto da Mota e Manuel Luiz da Silva, despachantes oficiais: Joaquim Pinto Rodrigues de Freitas, e Álvaro Osório da Silva Cardoso: Industriais: António Moreira da Silva, Joaquim António Mendes Correia António Augusto Baptista Júnior, Comerciantes: Albino Costa e Lopes de Faria, empregados comerciais: Manuel Sacramento, Armador: Joaquim Silva, Negociante: e o autor destas linhas.
    E aqui esta como um club organizado por rapazes que ignoravam por completo o que era football tanta propaganda tem feito em prol deste desporto...



    Escusado será dizer que com a vida do Football Club do Porto morrem o Grupo do Destino.
    Aqueles rapazes que a ele pertenceram e que a morte arrebatou, o preito da nossa sincera amizade."


Obrigado ao:
- Red Pass, pela 1ª imagem;
- Blog de Leste pelas 2ª, 3ª e 4ª imagens.
Avante P'lo Benfica pelo texto e restantes imagens;


E pronto, é isto:



A minha esperança em LFV

Vencer o Sistema através da Benfica TV.

Assembleia Geral de ontem na Luz

Quando o País era uma ditadura, o Benfica era uma democracia. Quando o País é uma democracia, o Benfica usa buzinas para calar sócios que questionam o rumo do clube. Triste.

Conversa entre dois benfiquistas de facções diferentes

Texto original aqui.
Apesar da corrupção, acredito que seremos campeões este ano. Mesmo que o Jesus tenha deixado de fora o Siqueira para colocar o Djavan a jogar hoje.


- Tu tens de perceber que isto não se faz de um dia para o outro. 
- Mas... são 10 anos. É preciso mais tempo?
- Claro. Os primeiros 10 foram de recuperação financeira.
- Mas estamos endividados.
- Não estamos nada. Estamos a apostar fortemente no melhor plantel de rinocerontes africanos para no futuro ganhar.
- Mas não ganhamos nada.
- Não ganhávamos. Este ano vamos ganhar a Champions com os nossos 10 rinocerontes africanos. Rinocerontes africanos à Benfica!
- Mas a recuperação não estava feita em 2006? O Presidente não disse que a partir dali seriam os mandatos desportivos? É que passaram 7 anos.
- Foi optimista. O Presidente, como grande benfiquista, acredita muito. Até acredita a mais. Precisamos de mais 10 anos.
- E entretanto o que fazemos? Apoiamos corruptos?
- Foi estratégia.
- Estratégia de quê? De merda?
- Não sejas anti. Estratégia para enganar o sistema.
- Mas os benefícios ao Porto não continuam?
- Sim, porque o sistema é muito forte e precisa de ser desmantelado.
- Apoiando corruptos para os órgãos de poder? Recebendo e gostando muito das explicações de Proença no Seixal?
- Claro, temos de fingir que não sabemos o que se passa.
- Então daqui a quanto tempo é que voltaremos a ser Benfica?
- Já este ano. O nosso plantel de 10 rinocerontes africanos não dará qualquer hipótese.
- E o sistema? Não aguenta a força de 10 rinocerontes africanos?
- Pois, o sistema pode voltar a prejudicar-nos. 
- E então? Voltamos a não ganhar?
- Se não ganharmos, é porque o sistema não facilitou. Mas se não for este ano, será para o outro.
- E se não for para o outro?
- Será daqui a dois anos.
- E se não for daqui a dois anos?
- Não interessa. Estamos muito bem posicionados no ranking.
- O ranking é título?
- É um título, sim. Uma prova da competência desta Direcção!
- Competência não é ganhar?
- Não ganhamos por causa do sistema.
- O sistema que nós apoiamos inequivocamente?
- Já te disse, é estratégia.
- De merda?
- De génio. Mais 10 anos e seremos maiores do que o Real Madrid?
- O Real Madrid também não ganha nada?
- Ganha, mas porque faz parte do sistema.
- Não era o Barcelona?
- São os dois. Eles lá são os dois do sistema.
- E o Manchester? Vamos ser maiores do que o Manchester?
- Vamos. Daqui a 15 anos.
- Em Inglaterra não há sistema?
- Há. O Manchester ganha porque controla o sistema.
- Apoia corruptos para os órgãos de poder?
- Começou por apoiar, sim. Depois de 15 anos, finalmente ganhava.
- Então devemos apoiar inequivocamente o sistema para perdermos durante 15 anos e depois então ganhar?
- Sim. Roma e Pavia não se fizeram num dia.
- Mas o Benfica não devia ter força e inteligência para controlar o sistema? Não é essa uma das responsabilidades de um Presidente competente?
- O Benfica tem isso tudo. Mas os astros estão alinhados com o sistema. Não fosse a força da gravidade, o Sol e a Via Láctea e ganharíamos consecutivamente.
- Mas não disseste que ganharíamos já este ano?
- Sim, vamos ganhar. Endividámo-nos pornograficamente, apoiamos corruptos do Apito Dourado e ganhámos 2 campeonatos em 10 anos para este ano podermos ganhar a Champions com os nossos 10 rinocerontes africanos. É na Luz, não sabias?
- Sabia. Por ser no nosso estádio, vamos chegar à final?
- Sim, é uma crença que tenho.
- E os astros contra nós?
- Apoiamo-los inequivocamente este ano.
- Os astros são corruptos?
- São. Por isso é que os apoiamos. 
- Apoiamos tudo o que é corrupto?
- Sim. É estratégia.
- De merda?
- De génio. Este ano é para ganhar tudo. Inclusivamente o campeonato nacional da internet.
- Na internet não há sistema?
- Há, mas está enfraquecido. Já o apoiámos inequivocamente para o fragilizar.
- E os 10 rinocerontes africanos?
- Fortes. Munta fortes. Seremos maiores do que o Bayern de Munique.
- Já este ano?
- Daqui a dois anos. Este ano é para consolidar a nossa posição no ranking.
- Sendo eliminado da Champions e fazendo pontos na Liga Europa?
- Não. Este ano vamos ganhar a Champions.
- Para termos títulos?
- Não, para consolidar a nossa posição no ranking e vendermos astronomicamente jogadores.
- Vamos vender os nossos 10 excelentes rinocerontes africanos?
- Não faz mal. Depois compramos 10 papagaios louros. 
- Da Malásia?
- Sim, temos lá uma equipa de prospecção fabulosa. O futuro está nos papagaios louros da Malásia.
- Quem disse?
- O grande Presidente. Há que apostar fortemente nos papagaios louros da Malásia.
- E se não ganharmos nada com os papagaios louros da Malásia?
- Teremos de apoiar ainda mais inequivocamente o corrupto Facturas.
- E o Benfica?
- O que é isso?

Roteiro das Francesinhas - Café São João

Durante o Verão, numa ida ao Porto, a missão foi experimentar uma casa da especialidade. Antes que pensem que estou a falar de casas do varão, estou mesmo a falar de francesinhas. Das de comer. Quer dizer, das cozinhadas.

O destino foi o Café São João, em Canelas. 

Quis o destino que só à segunda tentativa conseguíssemos mesa, passados uns bons meses. Trata-se dum café/restaurante de beira de estrada. Com fila de espera, o dono fecha a porta à hora, ou mais cedo, se estiver com muito trabalho. É um luxo nos tempos que correm. 

O Gordo não se calava, eu tinha que comer esta francesinha porque sim, porque é a melhor, não-sei-quê-que-já-não-se-pode-ouvir. 
Na altura tinha as duas pernas a funcionar, portanto estava um atleta: corria dia sim/dia não, e tinha cuidado com a alimentação. Quando entrei e vi o tamanho da francesinha, disse, numa frase que ficou mítica, "não sei se o meu organismo ainda aguenta uma coisa destas, já não estou habituado".

Pois bem, o sacana do Gordo tinha razão. A francesinha era do camano. Mas do camano. Provavelmente a melhor que já comi. E fiz questão de dizer ao dono. O queijo, ligeiramente derretido e queimado como nas tostas mistas, fica divinal ali no meio. Mas nem tudo é perfeito: as batatas não estão à altura. E o molho, apesar de bom, é muito líquido para o meu gosto.


Dizem as más línguas que só me voltaram a ouvir falar quando o prato ficou vazio. 
Foi aí que percebi que este corpinho precisa duma francesinha de quando em vez para não me armar em parvo.

E vocês, que francesinhas recomendam?

Respect Timor-Leste

Um destino que quero visitar, aquando da viagem à Indonésia. Sonhos que se mantêm vivos, mesmo que vão sendo adiados ou que não se concretizem. 

Timor-Leste, colónia portuguesa até 1975, foi invadida pela Indonésia assim que se tornou independente. Passaram anos muito complicados e sangrentos...e hoje, a propósito dos incêndios que assolam o nosso País, acabam de doar um milhão de dólares para nos ajudarem.

A vida tem coisas engraçadas. E ainda bem.

Queres viajar gratuitamente?

Temos a solução:


Esta menina deu a volta ao mundo em 15 dias...

Adere ao Movimento "Se o Jesus for preso, eu também vou!"

É hora de nos unirmos. Chega de brincadeira. O Benfica precisa de nós, tal como a Erica Fontes precisa de um (ou mais) pénis para poder trabalhar.

Este vosso tasco orgulha-se de apresentar o Movimento "Se o Jesus for preso, eu também vou!", movimento esse que visa mostrar solidariedade para com o nosso mister (também conhecido como O treinador).
Sendo assim, e se Jorge Jesus for parar aos calabouços (preso, dentro, para a pildra, para a choldra, ver o sol aos quadradinhos, detido, encarcerado e mais o diabo-a-sete) deste inquinado Sistema, os signatários deste artigo irão entregar-se às autoridades para serem fechados na mesma cela onde irá habitar o treinador*.

Desta forma, mostramos a força que temos. Se for preciso, roubamos um limão a um drogado para podermos ser presos. Mas vamos. E depois, aproveitamos e perguntamos ao Jorge Jesus porque é que, até ao ano passado, insistiu em adaptar o Roderick a jogador de futebol.

Assina na caixa de comentários e mostra que juntos somos munta fortes!



*estão excluídos autores de blogues que tenham tido um acidente de mota em Agosto e tenham ficado com o pé direito em obras de reconstrução prolongadas.

Mamas e iPhone 5S = vejam estes vídeos e enviem os vossos

Em nome da tecnologia, alguns utilizadores têm testado a câmara do novo iPhone 5S. Para tal, filmam um par delas, de mamas, e depois utilizam a funcionalidade que permite alterar a velocidade do vídeo. Com isto, conseguiram alguns testes interessantes:



Desta forma, o Autor desafia a leitora (ou o namorado/marido da mesma) a enviarem um vídeo semelhante. 
As seguintes respostas não são admitidas:
- "ah mas não tenho iPhone";
- "esse iPhone ainda não saiu em Portugal";
- "não tenho namorado".

Caso a leitora insista nestas afirmações, relembramos que o tasco tem um técnico de informática capaz de, com qualquer vídeo de qualquer telemóvel, transformá-lo em slow motion. E o mesmo técnico, pode fazer-se passar por namorado, sem problema. Demora a chegar, porque vai a coxear, mas chega.

Até já então.

Apanhado do melhor Jesus em Guimarães

Versão Dslargarem-me
Versão A caminho da pildra? Nem pensar.
Versão Eddie Murphy, no filme Caça-Polícias, 1984
Versão Songoku
Versão Paulo Fantoche Fonseca diz que Jesus ganhou em 3 campos
Versão  Mr. Miyagui
Versão GTA5

Marco Silva, um de nós

E quando digo um de nós, digo um dos que não são hipócritas e gostam do futebol limpo, limpinho.


Marco, a nossa cadeira espera por ti.

Em assuntos do coração, segue sempre...a tua pila

Profundo. Lapidar. Eloquente.
Quem o diz é Masuka, personagem da série Dexter. Acabou de entrar na galeria dos Sábios.

Logo à noite, é para arrasarem na pista de dança:



Toca a acordar pessoal! É para ensaiarem a coreografia! É fim-de-semana! Quer dizer, só para alguns. Para os coxos como eu, é igual ao decilitro cúbico.

Só percebo de contas de merceeiro, mas a factura do Benfica...

...já começa (ou continua) a alarmar.


Se o Activo aumenta, o Passivo também, e em maior rácio. Estará tudo controlado? Alguém percebe da poda? 

Eu, merceeiro, teria tendência a dizer que, numa palavra, a situação é "galopante". Já se pudesse utilizar duas palavras, teria tendência a dizer que é uma "vergonha galopante".

D'Eusébio permita que seja uma preocupação infundada.

Leitor faz volta ao mundo em canoa

Este vosso espaço cultural é realmente diferente de todos os outros. 
Foi descoberto, através de localização satélite, um nosso leitor que está a fazer a volta ao mundo em canoa. É de valor, e um marco de coragem a nível mundial.
Vejam as marcas amarelas (últimos pontos de contacto do leitor).

18/09/2013 - 09:00
Segundo a última actualização, pode-se ter dado um naufrágio:

20/09/2013 - 09:00
Estejas onde estiveres, estás connosco. Ou então és comida para peixinhos. Um grande abraço. E uma botija de exigénio.

Miguel Relvas e convidados "arrasados" no Brasil

Quem diria? Em mais uma homenagem a Miguel Relvas (...), surge um dos maiores protestos contra este artista. Desta vez no Rio de Janeiro:


Atenção: lançado curso de sexo oral

Não é brincadeira. Sob o lema "o sexo é o principal caminho para o coração do homem", na Rússia, alguém com quem podemos fazer um paralelismo com o altruísmo do Autor e o seu Serviço Público, decidiu abrir um curso sobre sexo oral.


Com quatro unidades espalhadas pelo país, esta empresa russa tornou-se famosa ao oferecer um curso completo de sexo oral, ensinando técnicas, métodos e abordagens para que as mulheres (em exclusivo) possam satisfazer os seus parceiros.

Ministrado pela sexóloga Katherine Lyubimov no Centro de Treino Sexual, a russa afirma, de acordo com o site da empresa, que “o sexo é uma arte”, e que, pelo preço de cerca de € 80 por três horas de curso, as candidatas recebem instruções de como fazer o acto sexual no parceiro e treinam com brinquedos sexuais, seguindo as orientações da professora.
Em acréscimo, a empresa também oferece aulas e cursos sobre sexo anal e utilização de brinquedos e acessórios sexuais. Fonte.


E é isto meus amigos. 
No momento em que estão a ler este artigo, estou a tratar duma parceria com esta empresa, no sentido de abrir uma sucursal deste curso em Portugal, mas com uma importante inovação: as aulas serão testadas no Autor.
As interessadas devem deixar a sua inscrição na caixa de comentários.

A leitora mostra-se #11 (já com chocolate)

E porque continuam a existir pessoas que "sim senhor", hoje mostramos uma das leitoras...já na posse do famoso chocolate
Serviço Público de qualidade é isto. 


O Autor disse que enviava e enviou.

Atenção: ainda estão dois chocolates por entregar...será que se vão estragar? Participem!

O Sporting acha-se o maior clube Português, quando nem o maior da 2ª Circular é

Não ter noção do ridículo é isto.
Bruno de Carvalho, o presidente, deu esta pérola à comunicação social. E a malta agradece.

Levantaram o Costa Concordia: parecia o Sporting

No entretanto, o navio vai ser desmantelado. Quanto ao Sporting de Lisboa, estaremos cá para ver. Mas mais fora-de-jogo, menos fora-de-jogo, parabéns pela aparente recuperação.


Como apanhar um terrorista em 30 segundos

Aconteceu em Alicante, Espanha.
Um terrorista exigiu uma mota para fugir, em troca da libertação de reféns. A polícia concordou. Mas parece que, tal como o assaltante/terrorista, tinha um plano. São 30 segundos para ficarem a saber como se apanham terroristas.


Alguém acha isto mal? Eu não. Também fiquei bem partidinho por andar de mota e não fiz mal a ninguém.

Querem ir às Ilhas Galápagos mas elas não vos ficam em caminho?

O Autor falou com os senhores da Google, deu umas dicas, e a coisa resolveu-se.

Sob o tema "Sê Darwin por um dia e explora as Ilhas Galápagos", o Street View mapeou e fotografou a ilha da biodiversidade. Para quem gosta de Natureza, não há outra opção que não seja a de gastar (ou investir) uns minutos para ver leões marinhos fotografados, dentro de água, em 360º, bem como as grandes tartarugas lá do sítio.


Poderão encontrar aqui todo este maravilhoso trabalho. São mergulhos, áreas de reprodução, vulcões, minas de enxofre, etc.. Fica o vídeo que mostra as diferentes ilhas e o modo como as capturas são feitas.


Na página principal deste conceito, poderão ainda visitar o Monte Fuji (Japão), o Grand Canyon (USA), a Amazónia (Brasil) entre muitos outros:


Encheram o Estádio da Luz com bombeiros. Falharam no timing. Devia ter sido no jogo contra o Sporting.

Quem diz é o Mário (vou chamar-lhe assim), em directo do Estádio. Que acrescenta: "Bebi 1 litro de água e outro de cerveja. Vou perguntar a uma bombeira se lhe posso encher o autotanque".

O Simão Escuta (e o Mário) apoia os bombeiros. Respect.

Piada Farsola #47 - Outros tempos...

Um homem estava deitado na cama com a sua nova namorada. Depois de terem feito sexo, ela ficou bastante tempo a acariciar-lhe os testículos. Era algo que ela parecia gostar bastante.

Ele estava a gostar bastante, mas com curiosidade perguntou:
- Porque é que gostas tanto de acariciar os meus testículos?
E sua voz macia respondeu:
- Saudades dos meus…

(silêncio absoluto)

É oficial: o Autor está de volta

A tempestade continua forte, mas o Autor está a ganhar força para manter as portas desta espelunca abertas.
A bonança é logo ali. Provavelmente só em 2014.

Portanto a mensagem para o cliente é esta: tirem as minis do frio, sirvam-se do tremoço, aceitem o meu perdão, compreendam a situação... e voltem!


Herança, presente envenenado?

As pessoas morrem. Umas mais cedo do que o previsto. Outras mais tarde do que a teoria indica. Umas têm património. Outras nada. Outras têm dívidas. Deixam dívidas. A linha de sucessão é, por vezes, sinuosa (ou quase inexistente) e acaba a apontar para o inesperado. A linha, quando malvada, tem de ser afastada. Para o fazer, € 200 no notário. 

Viva a burocracia.
Viva o negócio.

E é isto. Para se prescindir duma herança, ardem € 200. 

Infelizmente, concordo com o osga Barroso

Disse praticamente o mesmo cá em casa, de perna ao alto, enquanto via o jogo.
Uma pancada tão violenta na cabeça, com desmaio, tem de originar a saída, não do jogador, mas do homem que ali está. 
Será que Jesus aprendeu a lição?



“Fiquei banzado quando vi que o queria voltar a colocar em jogo, após sofrer um traumatismo cranioencefálico com perda de conhecimento. Tem ele a noção da vida e da morte? Não há ninguém que o coloque na ordem? Isto é um mercado de escravos? Ele manda mais do que o departamento médico? Ojogador tem um traumatismo cranioencefálico e ele manda-o jogar? E quando voltou a cair, algo que não me deixou espantado, queria colocá-lo outra vez a jogar? Isto é brincar com a vida das pessoas, o homem não só não tem vergonha na cara, como é completamente ignorante. Não respeita o seu departamento médico. Trata as pessoas a chicote. Este homem não tem capacidade para estar à frente do Benfica. É uma vergonha!”, afirmou anteontem, visivelmente zangado, o ex-presidente da mesa da assembleia geral do Sporting, no programa “Prolongamento”, emitido na TVI 24.