Grupo de viscondes doentes pelo seu clube prestam homenagem a D'Eusébio (vale a pena)

Este texto é do meu amigo Gordo. Tem uma tertúlia só de viscondes, onde debatem o seu clube e lutam por ele. E por isso são doentes, de forma positiva. Este é o texto que circulou por eles e que me foi gentilmente passado. E é por isto que o futebol e o desporto podem ser bonitos. E é pena, que nem todos tenham a capacidade intelectual para compreender a dimensão de certas pessoas.
Um beijo Gordo. Foste enorme (e não me refiro ao teu perímetro abdominal).


"Bom Dia,

Eusébio da Silva é considerado um dos 10 melhores jogadores que se conhecem neste planeta desde que existe futebol. Poderá ser discutível, mas o certo é que mesmo que não o fosse, estamos a falar de uma lenda, pelo simples facto de ter características únicas.

Este ‘rapaz’ nasceu dotado, de facto quando o apelidaram de pantera traduziram toda a sua essência, tal era a velocidade, capacidade atlética e faro para ‘matar’. Muitos golos, mesmo muitos, mas principalmente algo que o Simões ontem dizia, Eusébio dizia sempre que para vencer era preciso querer muito, e por isso tinha que se deixar a pele no campo.

Eusébio é moçambicano, português por consequência à data do seu nascimento, e também por isso, e eu já nasci no fim da ditadura, fez-me sempre pensar como é que alguém proveniente das colónias conseguiu ter uma dimensão mais do que nacional, internacional, e que durante muito tempo tenha sido uma das poucas bandeiras que nos faziam ser conhecidos no mundo com orgulho.

Eusébio era lampião, talvez um dos poucos casos em que se confunde a pessoa com o clube ou vice-versa. Ter esta dimensão e a forma como a conquistou, fazem deste jogador, o homem ímpar e que qualquer um de nós deve respeitar e senti-lo como um dos nossos, pois também com o emblema das quinas ele foi gigante e dono de proezas incríveis.

Chegou a hora dele, e a única congratulação é que este homem recebeu em vida todas as honras merecidas, foi sempre acarinhado pelos pares e mesmo por todos os adeptos do mundo.

Como é usual dizer nestes casos, you never walk alone Eusébio, as lendas perduram e jamais serás esquecido.

SL"

4 comentários:


  1. A nobreza de alguém que não é Benfiquista.

    Obrigado

    ResponderEliminar
  2. Obrigado assim se deve olhar pro desporto seria muito mais bonito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida. Desporto é isto. Bem-vindo, Frank.

      Eliminar