Jogo adiado devido ao temporal: a verdade que ninguém fala (mas eu vou chamar os bois pelos nomes)

Tive malta no estádio. E vou relatar a verdade dos factos, conforme me foram passados em directo. Porque os nossos lugares são por baixo da zona onde tudo começou.

Às 17:50 ouviu-se ruído intenso na cobertura, onde se começou a soltar a tal lã de vidro. Todos viam a lã a voar pelo estádio, mas, olhando para cima, viam-se as placas de metal (ou lá o que aquilo é) a levantarem constantemente. Ou seja, era uma questão de minutos até alguma se desprender por completo (e depois da primeira, as outras saem com mais facilidade) e cair. Só não se sabia se caía para fora ou para dentro do Estádio.

Com início marcado para as 18:00, não houve nenhuma mensagem ao público, a justificar o atraso. Mesmo não sabendo ainda se existiam ou não condições para a realização do jogo, o mínimo que têm a fazer é informar o que se passa. E a mensagem não chegou até aí às 18:35.

Estando numa das zonas de perigo, resolveram sair mais cedo, enquanto ainda se avaliava se existiam condições para realizar o jogo. À saída, a polícia e os stewards ainda disseram: se sair depois já não volta a entrar para ver o jogo. Isto é de valor.

Entretanto aconteceu isto (atenção aos 0:50 e aos 1:45):


A comunicação social não questiona nada. Mas eu questiono. Por isso vou chamar os bois pelos nomes.

Faz-se passar a mensagem que se salvaram vidas. Que actuaram todos muito bem. Pois, podemos ver as coisas assim, visto que as placas caíram 7 minutos depois da evacuação.
Já eu, gostava de saber como é possível que, às 17:50 estejam a levantar placas e às 18:35 tenha sido tomada a decisão.
Não há ninguém que assuma responsabilidades? Ninguém é chamado à razão?
Foram foi todos (os decisores) uma cambada de sortudos, pelas placas terem caído logo a seguir à evacuação. Demoraram 40 minutos a decidir! Cambada de filhos da puta!

E já agora, se pessoas estão em perigo, se a entrada dos adeptos viscondes foi feita com benfiquistas já no recinto, porque é que, numa emergência, a polícia não faz a caixa de segurança e os retira também em tempo útil? Se as coisas tivessem sido piores, o que se fazia? Ficavam os viscondes sem cabeça?

Mais, há um ano aconteceu algo parecido num jogo da equipa B, quando jogava na Luz. Portanto...que medidas foram tomadas? Se foram tomadas, parece que não resultaram.

Haja vergonha.

25 comentários:

  1. e mesmo assim os deficientes da claque ficaram la ate as 19h!

    ResponderEliminar
  2. "Bem dizido". Eu estava no piso 3 da Meo e via claramente essas placas a levantar deixando escapar a tal lã de vidro. E houvesse ou não factores que pusessem em perigo vidas, era obrigação de ter havido informação para o atraso.

    ResponderEliminar
  3. Fdx, ainda não tinha visto isto...
    Nem sei o que dizer. Sinceramente.
    Ao inicio levei aquilo que aconteceu "levemente". Mas, agora, vendo algumas informações extra em vários lados, fico sem palavras para tamanha ignorância e incompetência junta. Ainda bem que não aconteceu nada a ninguém.

    ResponderEliminar
  4. POC, verdades da primeira à última palavra.

    ResponderEliminar
  5. https://scontent-b-cdg.xx.fbcdn.net/hphotos-ash3/t1/1511570_703256176371685_31908674_n.jpg

    ResponderEliminar
  6. Para mim todo este tempo só se explica porque não estava pessoal competente para avaliar a estrutura nos seus postos!

    E pior, é que ninguém percebe o que é um AVISO DE ALERTA VERMELHO neste país!

    As pessoas, bem que poderiam chamar atenção ao que estava a passar, mas quando as pessoas responsáveis não estão lá, ou estão onde não devem, todas as medidas que vêm nos livros demoram a serem executadas.

    Por outro lado, estou achar muito estranho um estádio com apenas 10 anos, já apresentar estes problemas na cobertura. O tempo pode explicar muita coisa, mas não tudo. Esta tempestade já estava prevista à mais de 48 horas. Houve tempo mais do que suficiente para os responsáveis pelo equipamento da Luz ter feito uma inspecção rigorosa, até para efeitos de documentação e rectificação se fosse possível. Nada foi feito.

    Pior que isso, hoje estavam os senhores da UEFA que decerto ficaram muito mal impressionados com o que viram.

    Por fim, um projecto de um estádio ou de qualquer outro edifício é um projecto que na gíria, dizemos ter um coeficiente de cagaço (coeficiente de segurança) altíssimo de tal forma para sobredimensionar as estruturas para aguentar os esforços nestes dias. Se à mínima tempestade isto acontece... é porque algo está mal com o projecto ou com a escolha do material ou até com a manutenção que ele deve ter.

    Em suma, a Stephanie pode ser uma maluca, mas nem tudo é da sua responsabilidade... e por falar nela... lembrei-me de uma alemã...

    ;)

    ResponderEliminar
  7. Fosse isto noutro estádio e tínhamos assunto na comunicação social para um mês... sempre a ser levados ao colo, pá...

    ResponderEliminar
  8. Não se compreende a demora na tomada de uma atitude e a falta de comunicação com quem estava no estádio quando, nas próprias palavras dos clubes, era urgente evacuar o estádio devido ao risco de queda de partes da cobertura. Foi uma sorte enorme ninguém se ter magoado, mas é bom que se tire uma lição. E depois disto receio bem que a final da liga dos campeões vá acontecer num outro estádio que não se desfaça e onde haja pessoas competentes que saibam como actuar em situações de emergência.

    ResponderEliminar
  9. Como no caso do dirigente que apareceu morto no dragão...
    A comunicação social ainda hoje fala nisso!

    ResponderEliminar
  10. É deixar a Martifer na nova vocação de gerir estaleiros navais e contratar outra metalúrgica para fazer a manutenção da nossa cobertura. 2 incidentes no espaço de um ano é intolerável.

    ResponderEliminar
  11. Mais um post alarmista de um típico ignorante na matéria.
    Mas amanhã é capaz de andar a 120 na marginal para mostrar às miúdas que vão com ele o macho que é.



    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem vistas as coisas o caralho do taipal só foi pena não te ter arrancado a cabeça a ti e a outros merdas como tu... que não fazem lá falta nenhuma...

      O menino cheio de pruridos..aiii a segurança...ai coitadinhas das pessoas que estavam em perigo...se calhar és dos primeiros a dar 200 km/h na auto estrada com o teu VW e ai não te preocupas com as "irresponsabilidades"....

      Hipócritas do caralho....

      Eliminar
  12. A milhafre TV dizia que era lixo que vinha do exterior...Os Viscondes, ficaram lá dentro mais 30 minutos e depois mais a horita da ordem para ir 'na caixa' para casa! Assistiram à queda das placas, por sorte era do outro lado! A gestão do condomínio da luz, tem um estádio a 3 meses de uma final europeia a desfazer-se. Diz quem lá esteve em baixo que a relva também está do melhor. Abr POC' aralho

    ResponderEliminar
  13. Comunicado do milhafre...«as más condições climatéricas provocaram pequenos danos na cobertura do Estádio da Luz». Pequeno seria sempre o dano se uma daquelas placas de zinco caísse na mona do LFV e a sua turminha. Estrelinha foi mesmo ninguém se ter magoado!!!!

    ResponderEliminar
  14. Quero dar-te os parabéns pelo teu post, infelizmente neste pais o normal é apenas criticarmos quando morre alguém desde que ninguém se aleije só se encontram motivos para aplaudir, a situação dos adeptos sportinguistas então é demasiado grave como é que é admissível que num estádio que teve uma evacuação por risco de vida para os espectadores os adeptos visitantes tenham sido obrigados a permanecer dentro das bancadas mais uma hora?!

    Em relação a cobertura parece obvio que alguma coisa de errado se passa é verdade que hoje estava 1 temporal desgraçado mas ao ponto de criar danos estruturais daquele nível?

    ResponderEliminar
  15. Ainda tem gente que acha que Deus não existe e que acha que as placas metalicas cairam por acaso depois do estadio ter sido evacuado. Um verdadeiro milagre nao ter acontecido uma tragedia.

    ResponderEliminar
  16. antes de mais.. o benfica sabe o que é um alerta vermelho? lembra-me aquela gente que vai à beira-mar por curiosidade mesmo correndo riscos de vida.
    alerta vermelho, caso o estádio se desfaça ou não, deveria ter dado logo direito a jogo adiado. ou acham que os jogadores iam jogar bem com um temporal?
    mas enfim, asneira feita, mesmo depois de muita lã ter caido e eu ver chapas pelas bancadas continuei a ver muita gente sentadinha ainda no estádio como se nada fosse... simplesmente patético!

    dizem mal do "wc" de Alvalade mas não soube de estádio nenhum a desfazer-se por lá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e os azulejos do Alvalade XIXI que caem constantemente desde 2005?

      Eliminar
  17. TENS DIREITO À TUA OPINIÃP MAS SÓ QUERO ADVERTIR-TE QUE SERIA O CAOS SE SE OUVISSE NOS MICROFONES QUE A PLACA ESTAVA A CAIR. POR ISSO NÃO CONCORDO CTG QUANDOO DIZES QUE AS PESSOAS TÊM O DIREITO DE SABER. POIS SE SOUBESSEM SERIA A CORRERIA. NO MAIS TENS RAZÃO. DECIDIRAM TARDE UMA COISA QUE JA DEVIA TER SIDO DECIDIDA NO SABADO: ADIAR O JOGO PARA DEPOIS DA TEMPESTADE STEPHANIE. ISSO SIM, SERIA DE MESTRE MAS A INDUSTRIA FUTEBOL MANDA MUITOA MAIS. SAUDAÇOES BENFIQUISTAS

    ResponderEliminar
  18. O mais preocupante de tudo foi as portas no fundo das escadas de saida estarem trancadas.

    Estava no sector problematico, piso 3, e fui dos primeiros a abandonar a bancada. Cheguei cá abaixo e estava tudo trancado.

    Se tem havido uma debandada da bancada teria havido esmagamentos no fundo das escadas.

    ResponderEliminar
  19. POC: Isto sim, é serviço público! Obrigada pelo esclarecimento :)

    ResponderEliminar
  20. Para mim que também estive lá, demoraram demasiado tempo a decidir. Mas o mais parvo foi a reacção de muitos que queriam partir o resto da cobertura por terem ficado chateados já que achavam que o jogo podia se ter realizado na mesma. Aliás, eu não consegui ouvir quase nada do que foi dito pelo speaker já que muitos só insultavam, urravam e assobiavam pela decisão tomada. E se calhar foi por isso que os responsáveis tb demoraram mais tempo a decidir.

    Agora, de modo algum os adeptos do Sporting correram algum perigo. Estavam do lado oposto da zona afectada. Como se provou pelo que aconteceu na zona atingida, aquilo mesmo danificado resiste o tempo suficiente para se tomarem as medidas necessárias.

    ResponderEliminar
  21. Vai já para dois anos que na Etar de Contumil um diretor do ANDRADES CORRUPTOS, foi encontrado com dois furos no chapeu de cabra, abertos à bala; será que já se conhece o responsável? foi encontrada a arma? os jornais e as tvs com medo de quê?

    ResponderEliminar