O mundo, afinal, é mais pequeno que um bidé

Qual a probabilidade de se estar à procura de um artigo específico no OLX, enviar uma mensagem pelo site fazendo uma oferta e, em troca, receber uma mensagem da ex-mulher de há 10 anos? True story, aconteceu ao Gordo (não, não é o “vai à baliza”, esse é tão feio que está há 10 anos sem dar beijinhos).


E vocês, já tiveram uma daquelas coincidências do camano?

29 comentários:

  1. Pelo menos continuam a ter algo em comum:
    O que um quer, o outro já não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora imagina: metade do conteúdo do artigo, foi oferta do próprio Gordo. Vai ele pagar duas vezes a mesma coisa? Nah...

      Eliminar
  2. Sendo um artigo específico, até não acho assim tanta coicidência. Acredita que já vi bem pior. Nem conto, ainda me descobrem!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas existem algumas ofertas iguais/semelhantes. De qualquer forma, foi preciso um ter à venda o artigo 10 anos depois, e o outro querer comprá-lo na mesma altura.
      Caro Anónimo, o Simão Escuta não é um site onde todo o mundo se encontra. Pode partilhar. O(a) namorado(a) não vai descobrir.

      Eliminar
  3. Sim, já me deixei seduzir por um fulano cuja família era só composta por amigos de longa data, filhos colegas e amigos, tios colegas de trabalho, tudo da família da ex mulher do meu namorado na altura. O próprio do meu namorado era representante da família do sedutor em certas ocasiões. A probabilidade de isto acontecer, achava eu que era nula. Não só fui apanhada, uma vergonha, como ainda tive de me justificar até às cuecas onde é que tinha desencantado o homem. Na net????!!!!!!! A sério????!!!!! Que vergonha. Acho que ficou tudo bem menos a minha reputação. Dizem que somos dez milhões, não é? Pois...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é giro (...). E ficaram juntos?

      Eliminar
    2. Então? Acha que sim!!?? Depois de uma trapalhada daquelas???!!! Armei-me em engraçadinha foi o que foi, brinquei com a mentira e saiu-me tudo ao contrário. Bem feita. Mas... mas não somos dez milhões?!! Como é que aquilo foi acontecer?

      Eliminar
    3. Por motivos. Só pode ter sido por motivos.

      Eliminar
  4. Teve azar a dobrar. Mas pode ser que isto seja o Universo a querer juntá-los lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, os astros já se alinharam para ele.

      Eliminar
  5. Ja encontrei um amigo que gosto muito por acaso no aeroporto em Amesterdão, ficamos super surpresos pois tinhamos o mesmo voo para Portugal.
    Ele sentou-se no seu lugar á frente do aviao, eu no meu atras.
    Passados uns minutos a hospedeira veio ter comigo a perguntar se eu me importava de trocar de lugar com um senhor cuja esposa estava ao meu lado, eles tinham lugares separados e queriam viajar juntos.
    Disse que sim, por mim dava igual , eu estava sozinha.
    Pois bem, o lugar do senhor era ao lado do meu amigo.

    Viemos a viagem toda em amena cavaqueira, e a hospedeira como gratificação deu-me 2 garrafas de 0,5 L de vinho, logo 2 por coincidencia, ela nem sabia que eu conhecia aquele rapaz.
    Chegamos a Lisboa, e na zona de chegadas, saimos os dois ao mesmo tempo com as nossas bagagens, a rir , cada um com uma garrafa de vinho na mão,

    Á nossa espera estavam os pais dele AO LADO da minha mãe.
    Por momentos pensaram que afinal nós tinhamos viajado juntos.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mudança de lugar no avião é que foi obra, já depois da primeira coincidência mais "normal".
      Só faltou o "e foram felizes para sempre".

      Eliminar
  6. Não é uma historia de amor, nada disso, mas já somos amigos há 19 anos e espero que que sejamos ambos felizes para sempre , cada um no seu cantinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, o meu comentário era só para habilitar essa história a um filme lamechas. Só faltava mesmo esse final para ser um êxito de bilheteira.

      Eliminar
    2. Bahhh.......aqui não há gente lamechas.

      Eliminar
  7. Uma vez estava num café e pedi um fino e a pessoa que estava ao meu lado também, e eu não a conhecia de lado nenhum.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. GOLD. Isto dá quase direito a um artigo.

      Eliminar
  8. Primeiro gatinhos, telenovelas e comentários a vestidos, receitas e agora reencontros e coincidências? O Autor está feito um mariquinhas, ou isso ou está agora a revelar-se! Pfffff

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lave a boca antes de falar sobre o Autor. E leva cartão amarelo.

      Eliminar
    2. E posso lavar com um sumo Detox? Só para manter o modo cutxi-cutxi do blog!

      Eliminar
    3. O Autor nem sabe o que isso é. Tem ar de saber mal.

      Eliminar
    4. Pois...pois! Em alternativa poder ser um deste que tb mantém o modo fofo-cutxi! https://scontent-b-lhr.xx.fbcdn.net/hphotos-xfa1/t1.0-9/p720x720/293778_392761227414550_1963864738_n.jpg

      Eliminar
  9. Nao há coincidencias.
    (Sou daquelas que nao acredita em fadas mas que sabe que uma afirmacao destas quase dá para carimbar assim :o)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Felismino Catadupa já respondeu a essa questão das coincidências.

      Eliminar
    2. Ahhh, lamento entao. Nao estava a par do facto de após o comentário perfeito ser desnecessário aos restantes emitir uma opiniao por parva que seja. Assim sendo, deixo ficar mais este como que a retratar da ofensa ou melhor apagar ambos para nao encher a caixa?

      Eliminar
    3. É uma questão deveras interessante. Vou chamar Dom Felismino Catadupa para emitir opinião.

      Eliminar
  10. O meu noivo, antes de me conhecer, foi atendido por mim numa linha de apoio a clientes; num universo de cerca de 1 milhão de clientes e sei lá quantos colaboradores... para aí uns 500 ou mais.... é uma coincidência gira!!

    ResponderEliminar