Disto dos blogues e de pedirem para "seguir"

De vez em quando recebemos emails (ou mensagens no Facenice do tasco) a pedirem divulgação do blogue X ou Y. Calculo que deva ser coisa que já aconteceu a muitos dos que têm blogues.
Por muito básico que o email seja, dou sempre uma vista de olhos. Se alguém se lembrou de mim, merece que retribua com o mínimo, que normalmente ver o que me estão a enviar.

Existem pedidos e pedidos. Uns mais simpáticos que outros. Não atendo ao pedido de “adiciona-me à tua lista de blogues e eu adiciono-te”. Isto não é assim. Eu adiciono se gostar, se achar que tem algum motivo especial para tal. De resto, se “simplesmente” gostar, posso é seguir a título pessoal. E ambas as situações já aconteceram.

Mas basicamente, os emails/pedidos são os seguintes:
- apresento-te o meu blogue (sem pedidos, o que é raro);
- adiciona-me que eu adiciono-te;
- apresento-te o meu blogue, já te adicionei, se quiseres/puderes, adiciona-me também.

E agora, a nova versão, mais ousada:
- apresento-te o meu blogue, quero estar na tua lista, apesar de tu não estares na minha.


Vá lá malta, esforcem-se um pouco mais
.

30 comentários:

  1. O quiseres é como quem diz "és um animal sem coração se não quiseres adicionar-me à tua lista de blogues", o "puderes" está ali só para as pessoas com mais dificuldade em colocar links. (Na medida em que não tenham dedos para teclar e tenham um nariz tendencialmente pequeno, porque pedir favores sim senhor, ferir susceptibilidades politicamente correctas é que não).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero acreditar que não são todos assim. Mas é um bom resumo.

      Eliminar
  2. Segue a minha candidatura:

    Eu tambem tenho um blogue (que comecei com 3 amigos). Desses 3:
    1) nunca escreveu;
    2) Começou a escrever e parou ao quinto post.
    3) Começa os rascunhos e apaga (acho que publicou um post)

    Na prática, não tenho nada de novo ou especial para dizer e não percebo nada da parte ténica para fazer listas de blogues e assim (o nº 1 era, supostamente, o encarregado do layout e da parte técnico. Pois...).

    Visitas não tenho mas quando vi este post achei que era um sinal dos deuses, a luz do capacete de mineiro (nota quase subtil que mostra que sou leitor assíduo e desde há muito. Ok, a festa do título não foi há muito mas eu já te sigo há anos) que me ia arranjar um leitor.

    Tá feito o convite: http://analiseajornada.blogspot.pt/

    Abraço,
    Calantrão

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo Calantrao. Convite aceite. Vou já seguir para lá. Até já!

      Eliminar
    2. De qualquer forma, e antes sequer de ver, pela descrição, já são um sucesso. Pelo menos para mim.

      Eliminar
    3. Primeiro comentário de sempre (de alguém que não faz parte do blogue). IT LIVES, IT LIVES!!!!
      :-)

      Grande abraço

      Eliminar
  3. Essa última nunca tinha visto. É preciso ter alguma lata. Faz lembrar aqueles tipos que nas peladinhas estão sempre à mama ao pé da baliza e começam a refilar por a bola não chegar lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindo Zé Pelé. Atenção que estar na mama também é uma arte. Mais ou menos :)

      Eliminar
  4. Ignoro, pura e simplesmente.
    Não tenho pachorra, nem tenho que ter, para fazer fretes no dia-a-dia, quanto mais aqui.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu respondo. E respondi, educamente, a esse pedido. Se é alguém que segue mesmo o blogue, vai ficar zangado por ver este artigo. Mas não mencionei nomes. E há que convir que o pedido realmente é... irónico.

      Eliminar
  5. Prometo que me vou esforçar... :)
    Não peço que me sigam, não sigo por obrigação, e só comento quando acho que o post merece, seja quem for o seu autor/a.
    Portanto... não me encaixo no perfil.

    ResponderEliminar
  6. Bom, é a minha deixa. Como não tens lista de blogs, e não me podes publicitar, não venho aqui fazer nada...
    Fui.

    Hã?
    O quê?
    Atão não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho, tenho. Ali em cima, no cardápio deste tasco. Já tem é algum tempo...

      Eliminar
    2. Óh. Tu também escondes tudo. Credo.

      Eliminar
    3. A sério que ninguém olha para o menu? Tanto trabalho em vão...

      Eliminar
    4. Por acaso também não sabia :s

      Eliminar
    5. @Laranja, então ninguém vê o menu, é isso? Isto é triste!

      Eliminar
  7. A última é para corajosos. Sim senhora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me disse directamente que não me tinha na lista, mas disse-me para colocar, quando nem o meu tem. Ao menos que fosse naquela óptica do "adiciona-me que eu adiciono-te".
      Não me parece a forma mais fantástica de se pedir uma coisa destas.

      Eliminar
  8. Olá, eu sou a Anita.
    Se me seguires juro que chamo a polícia que eu cá não gosto de gente atrás de mim.
    Quanto a seguir-te não te preocupes que eu sou discreta e não dás por nada, mesmo que estejas na lista...negra.
    Upss, espera lá, estavam a falar de blogs?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anita. Quem é que falou de blogues? Isso é lá com os bloggers, ou lá como se chama essa gente. Aqui fala-se de coisas mundanas: orçamento de estado, futuro da PT, paridade euro/dólar, etc..

      Eliminar
  9. Devias ficar contente, lisonjeado. É porque tens um tasco famoso, e isso seria uma montra. Eu cá só tive um pedido desses de um blog religioso. E depois percebi que o Senhor fazia copy past do mesmo elogio (gostei muito do seu blogue, já o sigo, siga o meu), a tantos outros.
    A isso chama-se "atirar o barro à parede", e tu estás a deitar por terra todo um barro que ainda te podia ser lançado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar de não ter um tasco famoso, fico contente e lisonjeado sempre que me contactam. E por isso respondo a todos. E agradeço.
      No entretanto, também tive esse "pedido" religioso...

      Eliminar
  10. Respostas
    1. "Um blog ou blogue (contração do termo inglês web log, "diário da rede") é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou posts. Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.

      Muitos blogs fornecem comentários ou notícias sobre um assunto em particular; outros funcionam mais como diários online. Um blog típico combina texto, imagens e links para outros blogs, páginas da Web e media relacionadas com o seu tema. A capacidade de leitores deixarem comentários de forma a interagir com o autor e outros leitores é uma parte importante de muitos blogs."

      Está errado. Um blogue é o substituto dos orgãos de comunicação social. Quer dizer, só este.

      Eliminar
  11. Olá. Eu leio-te e tu lês-me. E agora?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Impressionante coincidência. Não sei que fazer. Estou estarrecido.

      Eliminar
  12. Simão, escuta lá já te dissemos que adoramos passar aqui no teu Tasco?
    Experimenta passar pelo nosso Estádio a ver se te agrada também...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vindos. Se adoram passar por aqui, lamento dizer mas a vossa saúde mental não está nos píncaros.
      Irei passar, com toda a certeza. Boa sorte para o projecto.

      Eliminar