Mamografias por satélite

Desta vez não fui eu. Gostava. Mas não fui. Não posso reclamar os louros desta ideia, mas ao menos posso divulgá-la.

Portugal é um País de empreendedores, mas neste caso houve uma empreendedora que resolveu lançar as "Mamografias por satélite". E houve quem caísse na esparrela. E houve quem ficasse de binóculos a assistir às mamografias a céu aberto...

Se pensam que isto é mentira, vejam a reportagem real num qualquer telejornal Português:


Palavras para quê?

14 comentários:

  1. Próximo episódio: o toque rectal por satélite. Para elas e para eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. OK, mas que não façam a reportagem jornalistíca.

      Eliminar
  2. o pessoal cá em baixo é muito inovador

    ResponderEliminar
  3. Estamos em Fevereiro, mas esta é a do ano!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já ouvi 3 vezes a peça jornalística. Ainda não acredito. Mesmo sabendo que foi mesmo verdade.

      Eliminar
  4. ê pá, podias ter posto uma bolinha vermelha! Fui ouvir isto, na sala, com o meu miúdo ao lado... "era para ela se vir???", isto deu no telejornal?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deu. Em 2010. Nessa altura ainda se podia dizer isso na televisão. Hmm... Pois.

      Eliminar
    2. Pois. Nessa altura ele ainda podia ouvir. Porque tenho a certeza que não sabia o que queria dizer. Já hoje... tenho as minhas dúvidas.

      Eliminar
    3. É fingir que continua a ser uma criança inconsciente :)

      Eliminar