Um clube diferente que vive em função de outro


Não conseguem dizer ou escrever "Benfica". E chamam-nos de ratos. 
Têm toda a razão: a vergonha não vive solteira. Vive casada, na pessoa da mulher do Tio Bruno de Carvalho, o maior humorista nacional. Porque ninguém, mais do que a mulher dele, deve sentir tanta vergonha de viver com alguém assim.

Que não se confundam sportinguistas de coluna vertebral com seres desprezíveis como estes.


4 comentários:

  1. Onde é que isto já vai: na mulher do presidente do sporting. Tens que ir com mais calma para não perderes a elegância que te caracteriza. Enquanto não morrer mais alguém, a gente vai tolerando as coisas, não podes é dar tanta importância aos jornais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas é exactamente para não morrer ninguém que algumas pessoas se insurgem contra quem provoca estas situações.

      Seja como for, não fui de maneira nenhuma indelicado para a mulher do humorista. Apenas depreendo que tenha vergonha de ver o que vê.

      Eliminar
  2. Enquanto o gajo não entrar em programas de TV em directo, para fazer as suas sessões de stand up, temos de lhe ir dando desconto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até dizia que pagava para o ver fazer stand-up, mas seria desperdício de dinheiro. Ele já faz. De borla.

      Eliminar