Alerta traição: muita atenção quando forem ver as 50 Sombras de Grey

Abrimos uma excepção para falar sobre o filme da moda porque é necessário que alguém com bom senso venha proteger os leitores.

Pois bem, parece que no Brasil os homens já não podem ir descansados ao cinema ver as 50 Sombras de Grey com as respectivas amantes. Tudo porque as respectivas mulheres, no mesmo dia, na mesma hora, no mesmo shopping, têm tendência a escolher também o mesmo filme. E depois dão de caras com os pombinhos e ficam arreliadas.
A sala de cinema virou campo de batalha, com agressões ao marido (vá-se lá compreender as pessoas), mas o filme foi até ao fim. Podem ver a notícia aqui (cortesia de um visconde amigo).

Não podemos permitir que o mesmo aconteça em Portugal. E é por isso que o Simão Escuta se oferece para, na caixa de comentários, gerir todo o calendário de maridos, mulheres, cornos e amantes. 

Continuem a pagar taxas nas facturas da água e da luz, quando é aqui se faz Serviço Público.

11 comentários:

  1. 50 encontrões em quem ?
    Isso é muita biolência pah!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há necessidade. Tantos filmes para ver.

      Eliminar
  2. Só para que saibas, eu vou ver. Porque tenho mesmo de ver. Porque o raio do filme já me trouxe chatices lá em casa. E não foram dessa natureza. uma tristeza, só te digo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bingo. E querem lá ver? qual mais velha? uma criança, ainda! bolas, só faz dezasseis daqui a dois meses. minha rica menina (filha da mãe, mania qué esperta).

      Eliminar
    2. Puxa... Realmente não é fácil de se lidar. Suspiro...

      Eliminar
  3. Não deve ser pior que assistir a um jogo do Benfica...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No jogo do Benfica andam metade do tempo em tronco nú? Pois!

      Eliminar
  4. 50 sombras é o número de nódoas com que ele ficou depois de apanhar da mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto os homens não forem protegidos desta sociedade, situações lamentáveis como esta continuarão a suceder.

      Eliminar