Portuguesas são as que mais traem online

Cambada de pêgas. Não sou eu quem o diz, que seria incapaz. Apenas resumi, numa curta expressão, o que o estudo queria dizer mas não conseguiu.


Pois é. Parece que foi realizado o estudo mais aprofundado e científico de que há memória (fonte). E o mesmo recaiu sobre plataformas online de encontros. E sobre as mulheres. E sobre casadas. E sobre traição. 

Talvez tenha mentido no título do artigo, mas foi só para alguém vir ler isto. Parecendo que não, dá trabalho escrever um artigo. 
Isto para dizer que as Portuguesas não são as maiores traidoras da Europa. Precipitei-me e quero pedir desculpa. As Portuguesas são as segundas maiores traidoras da Europa, apenas atrás das holandesas (mas aquilo nem conta, é tudo legalize, eles lá nem se importam). 

Dos 154 mil utilizadores Portugueses da aplicação Second Love, alguma há-de andar por aqui. Que venha confirmar ou desmentir. E na dúvida, que me contacte pessoalmente para avaliarmos a situação e realizar uma segunda parte do estudo. É favor enviarem fotografia de corpo inteiro e outra do melhor bitoque que consigam fazer. Obrigado.


Nota:
Este artigo foi uma oferecenda que o Autor fez ao Desblogue D'Elite. O Autor faz oferendas todas as quartas-feiras, no entanto, passem por lá que há gente mais interessante para ler.

4 comentários:

  1. Sendo fiel ao meu nick, e portanto monotemático, eu diria que isto é fenómeno dos últimos dois anos.

    Os maridos andam sempre no Marquês, depois dá nisto...

    ResponderEliminar
  2. Ficou, ansiosamente, à espera pelo estudo sobre o sexo masculino. O Género, leia-se.

    ResponderEliminar
  3. A culpa é claramente do Benfica, com o seu "Hoje não, que joga o Máiore".

    ResponderEliminar
  4. Agora que o Jesus saíu do Benfica, a harmonia e a fidelidade vão voltar aos lares portugueses.

    Vai ser tão bonito: os casais lusitanos de mão dada no sofá, a ver o Jesus e o Kim Jong Carvalho à porrada.

    ResponderEliminar