Empreendedorismo

Eu e o Aquele Gajo vamos montar uma empresa. 
Depois de comprarmos um monte no Alentejo, vamos ter um olival e criar o nosso próprio azeite. Vai chamar-se Azeite Cristiano e o slogan vai ser "Azeite Cristiano: a ser ridículo desde 1985".


Sucesso garantido.
Com os lucros, vamos mandar vazar o Rio Tejo para inundá-lo com azeite. E depois, quem quiser ficar habilitado a navegá-lo, vai ter de fazer a Carta de Azeiteiro.


B tarde ventoinhas.

11 comentários:

  1. E lembrarmo-nos que Luís Vaz de Camões morre na miséria, só e abandonado ...!

    ResponderEliminar
  2. E os comediantes involuntários do Lumiar vão reclamar para si o título de campeão do azeiteirismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fica-lhes bem. Idolatram um azeiteiro só porque coiso.

      Eliminar
  3. Já não bastava aquela boca de pato e ainda tem que tirar a foto a apanhar um espelho... vá toda a gente sabe que a inteligência nunca foi o forte do menino de oiro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não posso admitir comentários que não idolatram o Azeiteiro. Cartão amarelo.

      Eliminar
    2. chamei-lhe menino de oiro, devia ser só uma advertência sem cartão.

      Eliminar
    3. Acabaram de me confirmar, via Gerência, que é ao contrário: cartões para quem, mesmo que de forma subtil, dê qualquer tipo de elogio ao Azeiteiro.
      Confirma-se, cartão amarelo bem mostrado.

      Eliminar
    4. Ok. Vou continuar o jogo a tentar não cometer mais nenhuma falta para cartão, para não ser expulsa. E da próxima escrevo "ironia" para não pensarem que idolatro o rapaz =)

      Eliminar